Bom Jardim Notícias.com

Treino de Crossfit, 10 dicas para ter melhores resultados

Treino de Crossfit, 10 dicas para ter melhores resultados

O treino de Crossfit é uma alternativa muito interessante de entrar em forma. Porém, é importante buscar condições de melhorar os resultados. Veja como neste artigo.

Treino de Crossfit

A onda do Crossfit de fato, invadiu as academias de todas as cidades do Brasil. Uma proposta diferente, que mistura preparação física para esportes, levantamento de peso olímpico e outras vertentes, é isso que o Crossfit traz. Porém, como toda e qualquer modalidade, há formas de melhorar os resultados dos treinos e ter mais sucesso.

Com isso, o treino de Crossfit pode ser melhor, mais seguro e muito mais efetivo para seu objetivo, se você seguir estas 10 dicas que irei te mostra a seguir.

Como ter melhores resultados em seu treino de Crossfit!

O Crossfit é uma modalidade de treinamento que envolve muita polêmica. Eu mesmo, já fiz um artigo aqui no Treino Mestre, alertando sobre alguns perigos (Todos podem fazer CrossFit?).

Veja bem, dizer que há perigos e que determinadas pessoas não devem usá-lo, não quer dizer que ele não seja viável para você. Respeitando suas limitações, havendo um processo de progressão e cargas, é possível sim ter bastante sucesso.

Veja agora, 10 dias para melhorar os resultados de seu treino!

1- Devagar e sempre

A constância é fundamental no Crossfit. Diferentemente do que acontece na musculação, por exemplo, que é mais focada em segmentos e não em movimentos altamente complexos, o Crossfit tem uma infinidade de exercícios que exigem muita coordenação motora.

Some isso as suas altas repetições, exercícios com carga crescente e uma carga metabólica e tensional alta, temos um processo que precisa ser constante e progressivo. Um dos grandes erros de quem opta por um treino de Crossfit, é tentar ser muito rápido no desenvolvimento. Na verdade, no treinamento físico em geral, este processo é fundamental. Mas no Crossfit, ele é a base.

Grande parte das lesões oriundas do Crossfit, estão ligadas a falta de desenvolvimento e progressão. Pessoas despreparadas, realizando movimentos complexos em ritmos e com cargas inadequadas.

Crossfit é antes de tudo, movimento. Sendo movimento, precisa ser aprendido, treinado e otimizado, para que então, tenhamos um aumento na dificuldade. Este aumento, pode tanto ser em carga, como em ritmo.

Por isso tudo, a progressão no Crossfit precisa ser muito bem trabalhada, com aumento progressivo de carga, bem como com a melhora da técnica de movimento. Por isso, em termos de desenvolvimento e rendimento, inicie com o básico e vá progredindo aos poucos.

2- Trabalhe com os movimentos de base

Esta é uma regra que no geral, é bastante respeitada no Crossfit. Mas nunca é demais salientar. Seus Wods (treinos diários de Crossfit) precisam ser focados inicialmente, nos movimentos de base. Depois que estes movimentos foram bem trabalhados, é que devemos passar para movimentos mais complexos.

Por exemplo, usamos muitos movimentos do levantamento de peso olímpico no Crossfit. Porém, uma pessoa que não tem mobilidade ou controle motor para realizar um levantamento terra, não deve fazer um clean ou um Jeark (movimentos característicos do LPO).

Da mesma maneira, alguém que não consegue fazer a barra fixa normalmente, também terá dificuldades em realizar o Kipping Pull Up (barra fixa com balanço).

Outro ponto fundamental, é treinar músculos de base, como o core e os glúteos. Sem um bom trabalho de fortalecimento destes, será praticamente impossível ter bons resultados em seu treino.

Por isso, é fundamental trabalhar com movimentos de base, torna-los muito eficientes, para que então, possamos ter uma progressão de carga e intensidade, com mais segurança e efetividade.

3- Entenda quais os seus reais objetivos

O Crossfit é muito bom para uma série de objetivos. Porém, é menos eficiente para outros. Por isso, é importante ter isso bem claro em seu treino. Ele é o método de treino mais eficiente para a hipertrofia? No geral, não. Ele é bom para obesos? Pela complexidade dos movimentos, não.

Porém, para quem busca uma atividade dinâmica, movimentos amplos e funcionais, ele é uma modalidade muito interessante. Mas para que ele possa realmente ser efetivo, você precisa entender que ele tem limitações para determinados objetivos.

Tendo isso claro, você pode saber onde pode chegar com o treino de Crossfit. Mas lembre-se, especificidade é tudo!

4- Tome cuidado com a recuperação muscular

Diferentemente do que acontece na musculação, onde temos um treino que no geral, é dividido por segmento, no Crossfit, geralmente temos treinos generalistas. Isso significa que determinados músculos, continuam sendo exigidos em praticamente todos os treinos. Isso gera um problema, em termos de regeneração muscular.

Se não houver um tempo ideal de recuperação, entre um treino e outro, você pode facilmente entrar em um estado de overtraining.

Como resolver isso? Simples, com o acompanhamento de um bom profissional. Estabelecer treinos que sejam adequados para as necessidades de cada um, levando em conta o tempo de descanso entre as sessões, é fundamental.

Nem todo mundo pode treinar Crossfit todos os dias. Algumas pessoas, precisam alternar o Crossfit com outras modalidades, como a musculação, para que haja mais segurança em sua utilização.

Além disso, a forma como os exercícios são usados e selecionados, também é muito importante. Ela precisa levar em conta estes elementos, ligados a recuperação muscular.

Há, dentro da enorme gama de exercícios e estímulos que o Crossift proporciona, uma série de possibilidades, para que tenhamos um intervalo adequado de regeneração, entre as sessões. Mas novamente repito, isso exige um bom treinador para monitorar seus treinos.

5- Primeiro técnica, depois carga

Este é um ponto muito importante e que volto a mencionar. Primeiramente se preocupe em aprender um movimento, tenha segurança em sua execução, para só então, utilizar carga. Mas estou falando mesmo de cargas baixas. Primeiro aprenda o movimento, depois use peso. Isso tem que ser uma regra para seu treino de Crossfit.

Porém, eu sei que há movimentos que isso é mais difícil. Um movimento de LPO, por exemplo, pode ser feito com cabos. Porém, aqueles exercícios calistênicos, não há como retirar totalmente a carga.

Nestes casos, o mais importante é utilizar exercícios educativos, que irão fragmentar o movimento como um todo e fazer com que a aprendizagem dele seja muito mais fácil. Se o seu treino de Crossift já começa com movimentos que ainda não são proficientes e ainda utiliza carga, teremos mais chances de termos lesões e problemas no geral.

Por isso, priorize o aprendizado motor dos movimentos para então, partir para os exercícios com carga. Isso irá garantir que seu corpo se adapte ao movimento em si e que você tenha uma boa base para quando usar a carga propriamente dita.

6- Estabeleça uma frequência semanal e siga ela

Um dos maiores problemas que muitas pessoas tem ao fazer Crossfit, é a falta de constância nos treinos. Assim como acontece na musculação, no treinamento funcional, no Pilates ou em qualquer outra modalidade, manter a constância, por um bom período de tempo é fundamental. Não adianta fazer seu treino de Crossfit, só perto do verão.

Dada a complexidade dos movimentos, o tempo de adaptação do corpo e outras situações, precisamos que ele seja feito de maneira constante. Caso contrário, você será um eterno iniciante. Com isso, seus resultados também serão de iniciante.

Por isso, para otimizar seu treino de Crossfit, você deve…. Treinar! Se você treinar realmente, da maneira que precisa, durante pelo menos um ano, poderá ver as diferenças. Faça do Crossift, parte de sua rotina e não se auto-sabote. Somente assim, você poderá ter resultados de verdade.

7- Sua dieta é fundamental!

Como acontece em qualquer modalidade de treinamento, a dieta também é fundamental para o Crossfit. Caso contrário, você não terá bons resultados em seu treino. Precisamos de uma boa ingestão de proteínas e carboidratos de boa qualidade, para que tenhamos uma recuperação adequada e uma supercompensação. Caso contrário, seu treino trará apenas cansaço e desmotivação.

A dieta de quem pratica Crossfit precisa ser tão regrada, quanto a de quem faz musculação. A ingestão de proteínas, por exemplo, precisa ser uma das bases, para que você possa aumentar o volume de sua massa muscular e com isso, melhorar sua força e sua resistência.

O mesmo vale para os demais nutrientes, que serão a base para que você possa otimizar seu treino de Crossfit!

8- Melhore sua flexibilidade

Alguém com pouca flexibilidade, terá grandes dificuldades em fazer diversos movimentos do Crossfit. Isso, por que a modalidade exige não apenas força e coordenação motora, mas também, uma grande necessidade de mobilidade articular. Para isso, precisamos de flexibilidade. Caso contrário, muitos dos movimentos do Crossfit, serão fortemente prejudicados.

9- Escute seu corpo e o respeite

Como o Crossfit trabalha com cargas metabólicas altas, é muito importante escutar seu corpo e trabalhar dentro de seu limite. Muitas vezes, você precisa segurar, reduzir e manter o controle. Caso contrário, as chances de lesão podem ser bem altas. Neste momento, a experiência do treinador também é muito importante. Ele é a pessoa que deve saber até onde pode ir e exigir de você apenas o que você tem condições reais de oferecer.

Aquela velha máxima de que o limite é algo de sua cabeça, pode trazer problemas. Seu corpo sabe responder a estímulos. Caso ele não esteja preparado para isso, você pode ter problemas.

Por isso, escute seu corpo e treine de forma inteligente!

10- Escolha bem onde vai treinar e sempre opte pela inteligência

O Crossfit tem muito apelo comercial. Por isso, ele abriu muito espaço para pessoas desqualificadas, que olham apenas a questão financeira. Aulas muito lotadas, falta de método e falta de qualificação são alguns dos casos que vemos muito.

Sempre opte por locais onde sua segurança é preservada, bem como sua individualidade. Seja no Crossfit, seja em qualquer outra modalidade, o mais importante é treinar com inteligência e método. Isso sim, no final das contas, é que irá trazer para você, melhores resultados.

Por isso, pense muito bem, escolha com critério e foque em um local que ofereça bons treinadores. Desta maneira, você terá bons resultados sempre!

Estas são algumas das maneiras de otimizar seu treino de Crossfit. Lembre-se sempre de que você possui individualidades e que elas precisam ser respeitadas. Isso irá garantir não apenas bons resultados, como também mais segurança. Bons treinos!

http://www.treinomestre.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta