Bom Jardim Notícias.com

O homem certo no lugar certo

O homem certo no lugar certo

Um dia após entregar ao PDT a Secretaria de Agricultura, o governador Paulo Câmara (PSB) promoveu, ontem, uma mudança estrutural na coordenação política do seu Governo. Já de olho na reeleição em 2018, convocou o secretário Nilton Mota, que está deixando a Agricultura, para o lugar de Antônio Figueira, da Casa Civil, este remanejado para chefia da Assessoria Especial.

Foi uma escolha das mais acertadas. Deputado estadual licenciado pelo PSB, Nilton Mota é do ramo da política. Egresso de uma família envolvida na vida pública em Surubim, tem um predicado inerente ao cargo: o poder de articulação política. Mesmo numa pasta tão técnica em que atuou nos últimos três anos, Mota contabilizou dividendos políticas para o governador em praticamente todas as ações que empreendeu pelo Interior.

Por isso mesmo, revelou-se num dos auxiliares mais operosos do Governo. Nas campanhas de Geraldo Júlio, tanto na primeira quanto na reeleição, coordenou áreas estratégicas com grande êxito, o mesmo ocorrendo também na campanha do governador Paulo Câmara. Nilton Mota é, sem exageros, um animal político, respira política 24 horas por dia e está agora no lugar certo.

Com ele na articulação, o governador pode rearrumar a base, que começou a ser desestruturada com a possível perda do PMDB, mais cedo do que imaginava. O atual responsável pela área, Antônio Figueira, médico por vocação e de carreira, até fez um esforço para cumprir a missão a que foi delegada, mas enfrentou dificuldades porque não nasceu na política e jogo de cintura não se adquire da noite para o dia. A política passa, principalmente, pela arte de engolir sapos.

Talhado, Mota tem um notável estômago para triturar sapos e elefantes. E o governador, que como Figueira também não é remanescente do ramo da política, não poderia abrir mão de um auxiliar com este perfil para enfrentar as trovoadas que vêm por aí não apenas em 2018, ano eleitoral, mas a partir desses meses pré-eleitorais que se estendem até as convenções partidárias.

POSSE– Conforme este blog antecipou, o governador Paulo Câmara empossa, hoje, às 14h30, em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, os novos secretários estaduais: Nilton Mota, que deixa a Agricultura e Reforma Agrária e assume a Casa Civil; José Neto, que sai da Chefia da Assessoria Especial e assume a Secretaria Executiva da Casa Civil; Antônio Figueira, que deixa a Casa Civil e assume a chefia da Assessoria Especial; e Wellington Batista, que entra no Governo para comandar a Agricultura e Reforma Agrária. É possível que o governador ainda abra espaços mais na frente para outros partidos da base, como o Solidariedade (SD).

http://www.blogdomagno.com.br/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta