Bom Jardim Notícias.com

6 estratégias sexuais para quem tem pinto pequeno

6 estratégias sexuais para quem tem pinto pequeno

Se você chegou até este texto é porque, das duas uma, ou está muito curioso ou muito atormentado com o assunto e acredita ser um grande problema ter um pinto pequeno.

De todas as formas vou falar para você aqui neste artigo 6 estratégias para lidar com um pinto pequeno.

Em nossa cultura ainda é muito forte o falocentrismo (falo = rôla), sendo sinônimo de pinguelocentrismo (tudo girando em torno do pênis).

Que fique claro: você foi e ainda é vítima de uma história mal contada e tendenciosa sobre o dito cujo. Mas fique tranquilo.

Você pode superar essa força externa aprendendo sobre o assunto e usando estratégias para contorna-la.

Para você ter uma ideia de o quanto o tamanho do pênis ainda está ocupando as mentes dos homens, a maior parte de nossos comportamentos ainda são motivados por esta cultura alienante: querer se impor (meter, picar, invadir, descer a lenha, enfiar) e querer competir (maior carro, prédio mais alto, ponte mais longa, bomba mais potente).

A obsessão é tanta que existem mais de 5 mil expressões populares no Brasil para nos referirmos ao Pênis. Algumas delas você está lendo agora neste texto.

Para a vagina são cerca de 600 expressões. Estranho isso, não? Porque a xoxota foi deixada em segundo plano?

Expressões para pênis

Porque ainda associamos o prazer da mulher com o tamanho da jeba?

Porque os homens ainda insistem em ser dominantes no sexo querendo ostentar virilidade com seus badalos eretos? Tamanho do pau importa para quem?

Entendendo a história da giromba

A identidade masculina ainda hoje se forma ao redor do seu mastro.

Ao mesmo tempo em que parece empoderar o homem de pinto grande (sentir-se o pica das galáxias), enfraquece o homem de pinto pequeno na falta de tamanho-sucesso desejado.

Existe então uma importância desnecessária que damos ao pinguelo que, não sendo alcançada, torna os homens impotentes e fracos.

Muitos homens acreditam que um pinto pequeno dificultará os relacionamentos amorosos tornando o sexo um verdadeiro desafio.

Você ainda tem vergonha de se expor publicamente? Evita usar sunga na praia ou piscina? Evita falar de sexo? Não fica nu diante da parceira?

Essas preocupações podem eliminar toda a confiança que você precisa ter na hora do sexo.

Tirando a média e nivelando por baixo

Existem no mundo diferentes tipos de cacetas. Tanto no que refere ao tamanho (comprimento medido em centímetros), quanto na variação da bitola (largura-grossura medida em milímetros).

Aos interessados-preocupados com as pistolas alheias, saibam que no Brasil o tamanho médio do comprimento peniano alcança os 13 cm (quando ereto) acompanhados de 52 mm de largura, justificando o porquê dos preservativos terem uma dimensão predefinida.

Média de tamanho do pinto

Porém, existem tanto em farmácias quanto em postos de saúde preservativos com menor largura e menor comprimento utilizados normalmente por adolescentes (tamanho Young = jovem) para assegurar um sexo confortável e seguro.

Ela cairá bem como uma luva para você. Faça a prova!

Então antes de se desesperar, entenda que, se o seu amigo está abaixo desta média nacional, necessariamente você não tem um problema.

São considerados pênis pequenos aqueles abaixo dos 10 cm e micro pênis igual ou abaixo dos 5 cm (nestes casos mais raros, recomenda-se auxílio médico para tratamentos alternativos).

Do que elas realmente gostam?

Se você já fez esta pergunta, saiba que não existem estudos confiáveis para associar desejo e prazer sexual feminino com tamanho do negócio.

Como são os homens que idolatram suas próprias mandiocas, consequentemente muitas mulheres replicam indiretamente essa importância.

Entenda que a sua ferramenta é apenas mais um dos ingredientes do sexo.

Não é só o tamanho que importa

São muitos os relatos que recebo de mulheres sobre desconforto durante a transa com parceiros detentores de um membro grande, pelo simples fato de o tamanho dificultar na hora da penetração.

A satisfação delas independe do tamanho do seu pirulito. Na hora da bimbada o que mais conta para elas é a atenção, pegada, conforto e confiança em você, sentidos durante o sexo.

Perceba então que elas querem mais magia e menos varinha.

6 Dicas para melhor aproveitamento do seu aparelho

Dicas para quem tem pinto pequeno

Para recuperar sua confiança e autoestima, reuni 6 dicas para homens com pinto pequeno superarem seus medos e aproveitarem o sexo dando muito prazer a suas parceiras:

1) Depene o seu peru (aparar os pelos)

É impressionante como a imagem que temos de nossos espetos é sempre menor do que realmente o são.

Ao aparar os pelos, você terá um ganho visual de pelo menos 2 cm. Experimente após a depilação se olhar na frente do espelho e se masturbar para ganhar essa nova imagem de confiança.

Você vai ver que o pênis quando tem a área depilada, ele tende a parecer maior.

2) Perca peso

Sim, são os magrelos que aparentam ter mangueiras mais compridas.

Aquela barriguinha de Chopp e coxas grossas apenas o fazem parecer menor.

Pense nisso como ganho triplo: perder peso = melhora na saúde + aumento da autoestima + percepção de pepino maior.

3) Invista nas preliminares

Investir nas preliminares é oferecer à sua parceira uma experiência tão boa que ela nunca mais vai esquecer.

Faça tudo lentamente e com calma, surpreenda com alguns atos. Seja um homem polvo (Use as mãos e dedos como tentáculos).

Elas precisam de estímulo direto no clitóris para gozar. Então a sua habilidade com as mãos ou mesmo o roçar dos quadris é mais determinante do que o tamanho do passarinho para levá-la ao clímax.

4) Adote posições que favoreçam ele (as mais profundas)

O pinto pequeno tem uma vantagem em relação ao grande.

Você pode adotar posições sexuais mais profundas sem que isso machuque a sua parceira e ela vai adorar as variações.

Isso também vale para o sexo anal (elas querem experimentar, mas não suportam a dor que uma berinjela grande proporciona).

  • Ela de quatro (liberdade para suas mãos explorarem o corpo dela);
  • Ela sentada em cima de você, como se estivesse cavalgando por cima e de costas para você;
  • Todas as variantes de papai-mamãe (abrindo bem as pernas dela);
  • Borboleta (você em pé fora da cama e ela deitada na cama com as pernas sobre seu peito).

5) Domine a arte do sexo oral

Sexo Oral

Desenvolva essa habilidade e seu desempenho será inesquecível, independente dos dotes que possua.

Para muitas mulheres, o sexo oral é o ponto alto da relação e, muitas vezes, mais interessante do que a penetração.

Por isso caia de boca variando a pressão e velocidade da língua.

6) Explore os brinquedos de sexshop

Use brinquedos sexuais. Alguns desses são criados especialmente para o prazer delas.

Experimente levar pra cama então algum desses: massageador de clitóris, anéis penianos (que vibram próximo ao clitóris) e capas penianas (que aumentam comprimento, a grossura e melhoram a textura do careca).

Não esqueça que as expectativas em torno de um pênis estão antes de tudo entre suas orelhas (o que você pensa sobre).

Melhorando sua autoestima e aumentando sua confiança pessoal, os problemas gerados pela “ideia” pinto pequeno ficam em segundo plano e dão lugar a um universo de possibilidades.

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Gustavo Rodrigues
    13 de novembro de 2017 às 14:47 Responder & darr;

    Artigo como sempre muito bom, parabéns. As dicas me serão muito úteis, principalmente a número 3 kkk

Deixe uma resposta