Bom Jardim Notícias.com

Exercícios simples aliviam 7 tipos de dores

Exercícios simples aliviam 7 tipos de dores

Dor nas costas, nos ombros, nos pés: aprenda truques simples para aliviar o desconforto

Você sabia que começamos a perder massa muscular a partir dos 30 anos? E que uma dor muscular pode ser simplesmente falta de movimentar o seu corpo? Preservar a musculatura é uma das maneiras de evitar desconfortos em várias partes do corpo, além de deixá-lo preparado para os esforços que precisamos fazer todos os dias.

Mesmo que seja bastante simples aplicar exercícios para aliviar as dores musculares no dia a dia (veja nossa lista de sugestões abaixo), nem todo mundo consegue se ver livre desse incômodo. Nestes casos, não precisa adiar um compromisso ou cancelar uma reunião importante.

Exercícios

Nos momentos de dor, você pode colocar em prática uma rotina de exercícios para prevenir esses problemas. Veja dicas de como alongar e exercitar corretamente cada parte do seu corpo e aliviar as dores musculares:

Costas

O ideal é sempre procurar um ortopedista quando sentir dores nas costas com frequência, mas a boa notícia é que grande parte delas é causada por tensão. Alguns exercícios podem prevenir e aliviar a dor, pois o fortalecimento muscular é essencial para mandar o problema embora.

Aposte nos alongamentos e nos abdominais. Eles fazem com que a musculatura do corpo se fortaleça, protegendo a coluna. Se tiver uma fit ball – aquelas bolas usadas no pilates – pratique exercícios de equilíbrio, já que a instabilidade provocada pela bola vai proporcionar músculos mais fortes. Se puder frequentar a academia, atividades dentro da água absorvem o peso do corpo e também ajudam a aliviar dores.

Pescoço

Os músculos do pescoço sustentam a cabeça e ajudam na movimentação dos braços e dos ombros, mas também contraem em resposta ao estresse, que é sentido em forma de dores tensionais e até mesmo dores de cabeça.

A melhor forma de obter alívio é pelo alongamento. Sempre com calma e respeitando os limites do corpo, gire a cabeça e incline-a para um lado, alongando por 30 segundos. Repita o processo com o outro lado.

Punhos

Parte muitas vezes esquecida, os punhos são sobrecarregados diariamente, principalmente quando as pessoas passam o dia digitando. A região conta com articulações importantes que precisam ser fortalecidas para aguentar a rotina. Quando estão frágeis, bastam alguns movimentos errados para provocar dor.

Adquira o hábito de alongar-se todos os dias, esticando o braço e puxando os dedos para frente e para trás, com cuidado. Apertar e soltar bolinhas de fisioterapia também são movimentos que ajudam a fortalecer a região.

Joelhos

Muitas vezes, a dor nos joelhos é consequência de uma musculatura fraca, que não aguenta as exigências diárias. Faça alongamentos em casa, já que músculos alongados protegem articulações contra lesões. Opte também por exercícios isométricos, que usam o próprio peso do corpo para beneficiar o músculo.

Outra forma de fortalecimento é dar uma volta de bicicleta. Lembre-se, porém, de ajustar o selim, pois esticar toda a perna na hora de pedalar é nocivo para o joelho.

Ombros

A falta de atenção com os ombros também costuma provocar dores. Tendinites causam incômodo, mas podem ser resolvidas com fisioterapia e exercícios corretos. O estresse, porém, é inimigo número um da região, por isso tenha como meta diária fazer alongamentos do trapézio superior, que é o músculo que conecta o ombro à cabeça.

Sente-se e coloque o braço esquerdo atrás das costas, puxando a cabeça para o lado direito com a mão direita. Mantenha essa posição por alguns segundos e repita o exercício para o outro lado. Saiba também que uma automassagem pode ajudar. Localize o ponto doloroso e faça pequenas pressões com movimentos circulares usando os dedos. Aproveite para fazer durante um banho morno, com a água caindo na região.

Calcanhar

Sempre sobra para o calcâneo, afinal, por ser o maior osso do pé, suporta todo o peso do corpo. Mas nem sempre ele está feliz com os impactos constantes e acaba inflamando, provocando dor.

Anote a dica: ao acordar, ainda na cama, tensione os dedos dos pés em direção à cabeça por cerca de 20 segundos. Repita o movimento por cinco vezes. Aproveite também para andar descalço em casa, pois isso ajuda a alongar a planta do pé.

Dor pela idade

Envelhecer não é fácil, afinal, há perda óssea e de massa muscular, aumento dos problemas posturais, bem como desgaste de articulações. Mas tenha calma: é possível reverter a dor desses casos com bons hábitos, como a atividade física. Para manter os músculos sempre em ordem, o truque é praticar exercícios que fortaleçam e regenerem as fibras musculares, de modo com que elas tenham força suficiente para sustentar o esqueleto.

Comece o dia alongando-se e em seguida dedique-se à musculação, dando prioridade aos exercícios que fortaleçam a região da cintura e das pernas. Se puder, faça também hidroginástica. Quer algo mais simples? Caminhe uma hora por dia, com um calçado confortável e apropriado.

Qualquer dor insistente ou que persista por algum tempo, deve ser analisada por um médico. O profissional poderá avaliar se o problema está associado a alguma doença ou a problemas mais sérios.

Fonte: http://www.minhavida.com.br/saude/materias/31650-exercicios-simples-aliviam-7-tipos-de-dores

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta