Bom Jardim Notícias.com

Pessoas nascidas por cesariana têm deficiência de uma proteína e por isso são menos inteligentes que as nascidas de parto normal, diz estudo

Pessoas nascidas por cesariana têm deficiência de uma proteína e por isso são menos inteligentes que as nascidas de parto normal, diz estudo

Como você veio ao mundo? Parto natural ou cesariana? De acordo com um estudo realizados por pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, isso pode influenciar, e muito, na sua inteligência de hoje.

De acordo com o estudo, publicado na PlosOne, quando as mulheres dão à luz naturalmente, existem níveis mais elevados de uma proteína especial, conhecida como UCP2, que ajuda a impulsionar os níveis de inteligência quando os bebês se desenvolvem. Esta proteína auxilia na ativação de memórias de curto e longo prazo, fatores indispensáveis ao desenvolvimento do QI humano. No parto normal, os níveis dessa proteína aumentam consideravelmente.

Os experimentos, chefiados  pelo Dr. Tamas Horvath, analisaram o hipocampo no cérebro de ratos de laboratório que nasceram por parto normal e cesariana. Os ratos que nasceram por cesariana tinham menos níveis de UCP2 e, em consequência, sofriam, mais tarde, de deficiências. Na conclusão, os autores escreveram que a inibição química da UCP2 leva a diminuição do número e do tamanho dos dendritos neurais e isso interfere nas sinapses, prejudicando, então, comportamentos complexos quando adultos.

Estes resultados revelam um papel importante da UCP2 no desenvolvimento adequado dos circuitos cerebrais e comportamentos relacionados“, disse Horvath, em entrevista a YaleNews. “A crescente prevalência de cesarianas por conveniência, em vez de necessidade médica, pode ter um efeito negativo no desenvolvimento e função cerebral também nos seres humanos“.

NEWS.YALE / ACTIVA /   ARTIGO:  TAMAS L. HORVATH ET AL

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta