Bom Jardim Notícias.com

10 ATITUDES PARA AUMENTAR A EXPECTATIVA DE VIDA DURANTE A TERCEIRA IDADE

10 ATITUDES PARA AUMENTAR A EXPECTATIVA DE VIDA DURANTE A TERCEIRA IDADE

O seu desafio é focar nas atividades positivas e adquirir uma rotina de bons hábitos para viver cada vez mais e melhor? Consultamos um especialista para dar dicas de atitudes para aumentar a expectativa de vida durante a terceira idade. Confira e coloque já em prática!

A aposta em hábitos saudáveis no dia a dia pode influenciar diretamente na longevidade e na qualidade de vida durante a terceira idade. Portanto, deixar de lado o cigarro, a ingestão de bebidas alcoólicas, o excesso do consumo de alimentos industrializados, assim como o sedentarismo e o estresse, pode fazer toda a diferença quando a perspectiva é viver cada vez mais e melhor.

Para André Baião, geriatra do Hospital Caxias D’Or, o segredo está relacionado à busca pela autonomia e pela capacidade funcional. “Ter o controle sobre a vida, tomar decisões pessoais sobre como e que se deve viver diariamente, além de manter as habilidades físicas e mentais, aliadas às atitudes positivas e o cuidado em realizar check-ups regulares, são atitudes preventivas que propiciam o envelhecimento com saúde”, afirma e recomenda algumas atitudes para quem deseja aumentar a expectativa de vida durante a terceira idade. Confira!

1. Não fume e não ingira bebida alcóolica em excesso;

2. Adote uma dieta equilibrada para manter o peso e a saúde em dia;

3. Pratique atividades físicas;

4. Mantenha relacionamentos estáveis;

5. Seja flexível e lide de forma tranquila com mais variadas situações;

6. Atualize a caderneta de vacinação;

7. Fique atento aos sinais precoces de possíveis danos auditivos e visuais, alteração de humor e perdas cognitivas;

8. Previna a deficiência nutricional;

9. Evite o isolamento social;

10. Lembre-se que a perda de autonomia e independência também merecem atenção.

*Por Kelly Miyazzato | Foto Marcelo Resende | Shutterstock (Coleção VivaSaúde Especial – Alzheimer e Outras Doenças Degenerativas do Cérebro) | Agradecimentos ao geriatra André Baião, do Hospital Caxias D’Or.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta