Bom Jardim Notícias.com

Chá de velame do mato trata doenças venéreas

Chá de velame do mato trata doenças venéreas

Para solucionar problemas de saúde relacionados à pele e a doenças reumáticas, nada melhor do que apostar nas propriedades curativas do velame do mato.Trata-se de uma planta pertencente à família das Euphobiaceae que é natural da flora brasileira, sendo encontrada em todas as regiões.

O velame do mato é uma árvore de pequeno porte, não ultrapassando a altura de quatro metros. Ele é facilmente identificado em decorrência da cobertura de penugem curta e macia que apresenta. Suas folhas são verdes e possuem formato oval alongado. Já o fruto se apresenta como uma cápsula pequena subdividida em três partes, onde podem ser encontradas as sementes.

Dependendo da região onde a espécie é encontrada, pode ser conhecida também pelo nome de velame verdadeira

(Foto: Reprodução/Powo Science Kew)

Propriedades medicinais do velame do mato

A planta começou a ser usada no processo de tratamento e cura de algumas doenças inspirados na sabedoria popular.

Dessa forma, o velame do mato é indicado em casos de problemas relacionados à pele, tais como: escrófulas, eczemas, impingem, erisipela, úlceras, ingurgitamento e ganglionar. Seu uso também é indicado no combate de doenças reumáticasdoenças venéreas, úlceras do colo uterino e manifestações cutâneas da sífilis.

Porém, antes de incluir a planta em qualquer que seja a rotina, vale a pena consultar o médico antes. Só ele vai poder atestar que o seu uso não trará nenhuma consequência à saúde.

Contraindicações e cuidados

Até agora, não foi registrado qualquer contraindicação em relação ao uso da planta pelo homem, porém, a título de prevenção, as mulheres grávidas ou que estejam em processo de aleitamento devem ficar longe do velame do mato. O excesso da planta também pode causar efeitos colaterais, dependendo do organismo de cada paciente.

Chá de velame do mato

Uma das formas mais fáceis de incluir o velame verdade nos tratamentos alternativos é através do preparo do chá. Para isso, basta separar 200 ml de água filtrada e dois gramas de erva seca (uma colher de sopa). Coloque a água para ferver em um recipiente com tampa. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a erva.

Deixe que a mistura descanse por cerca de 10 minutos. Preserve o recipiente fechado, o que vai acabar auxiliando no processo de infusão. Use uma peneira para remover a erva da bebida. A recomendação é que o chá de velame do mato seja ingerido até três vezes por dia.

Nos casos de afecções da pele, recomenda-se o uso concomitante do infuso e de compressas das folhas ou do infuso.

https://www.chabeneficios.com.br/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta