Bom Jardim Notícias.com

Tchau, insônia: 5 alimentos que ajudam a dormir melhor.

Tchau, insônia: 5 alimentos que ajudam a dormir melhor.

Os números não mentem: de acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 40% da população mundial tem dificuldades para dormir. Se você faz parte deste número, saiba que existem alguns alimentos que poderão ajudá-lo na missão “dormir melhor”.  Eduque seu organismo na hora de escolher e opte pelos alimentos apresentados a seguir:

Banana

A banana é rica em magnésio e em vitamina B6, dois nutrientes que contribuem para melhorar os níveis de serotonina, que é um neurotransmissor responsável pelo bem-estar. O que acontece, então, é que a ansiedade baixa e ficamos mais calmos.

Pixabay

Mel

O açúcar presente no mel diminui os níveis de alerta durante a noite, o que ajuda a relaxar. O mel é composto por frutose, glucose e água e, quanto mais escuro for, mais elevado é o nível de antioxidantes. Este alimento melhora a saúde do aparelho digestivo e atua como probiótico ao estimular o aumento benéfico de algumas bactérias do intestino.

Pixabay

Amêndoas

Este fruto seco é rico em melatonina, um hormônio que, entre outras coisas, ajuda a regular os ciclos de sono. As nozes também têm o mesmo efeito mas, assim como qualquer outro alimento, devem ser consumidas com moderação.

Pixabay

 Leite

“Beba um copo de leite antes de ir para a cama”, certamente alguém já deu esse conselho para você. Independentemente da eterna polêmica sobre o leite, na verdade, esta bebida contém triptofano, um antidepressivo natural que aumenta os níveis de melatonina.

Pixabay

 Cerejas

Esta fruta é mais um bom indutor do sono, uma vez que também contém melatonina. Ele também contém triptofano, um aminoácido que ajuda a regular o sono. Por isso, pode ser um ótimo aliado para os que têm dificuldade para dormir. Então, tomar 1 copo de suco de cereja ou comer um bom punhado de cerejas cerca de 45 minutos ou 1 hora antes de dormir pode começar a ajudar a regular o sono perdido e ir atenuando a insônia crônica.

Pixabay

Não se esqueça que o ideal é fazer um intervalo de 1h30 entre a última refeição e a hora de ir para a cama e evitar refeições pesadas e alimentos estimulantes, como é o caso do chocolate, do gengibre e da pimenta. Tente limitar o consumo de cafeína, sobretudo à tarde e à noite. As bebidas alcoólicas também perturbam a qualidade do sono. Zzzzz…

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta