Bom Jardim Notícias.com

8 dicas para iniciantes em trilhas de Mountain bike

8 dicas para iniciantes em trilhas de Mountain bike

O MTB (Mountain bike) ou ciclismo de montanha, vem tendo um enorme crescimento. Veja agora algumas dicas importantes e cuidados que todo iniciante deve ter!

Mountain bike MTB - dicas para iniciantes em trilhas

Imagine aquele sábado de manhã. Você sai de casa e vai pegar uma das suas primeiras trilhas de MTB. Bate um receio, não é? Natural, afinal, como qualquer esporte de aventura, a MTB também tem desafios e alguns cuidados que precisam ser tomados para que não haja acidentes.

Neste sentido, selecionamos 8 dicas para iniciantes em trilhas de MTB, que vão te ajudar a ter mais segurança e muito mais diversão!

Dicas para ter uma trilha de MTB mais segura e divertida

Primeiramente, precisamos entender o que pode ser considerado um iniciante. Afinal, não é por que uma pessoa fez uma ou duas trilhas, que deixa de ser iniciante.

O iniciante é aquela pessoa que pratica, o Mountain bike de maneira contínua, por menos de 6 meses. Desta maneira, ele ainda está em fase de adaptação. Se você faz parte deste perfil, estas dicas serão de grande ajuda!

1- Comece devagar e por locais conhecidos

Muitos acidentes em trilhas de MTB acontecem por que o praticante não está familiarizado com questões que envolvem o controle da bike, como o melhor momento e a forma mais adequada de frear.

Por isso, comece devagar, segurando a velocidade e em trilhas menos íngremes. Isso fará com que você tenha mais segurança no trajeto e reduza muito o risco de acidentes.

Não há o menor problema em descer uma trilha em uma velocidade mais lenta. Afinal, você precisa se preocupar também com a questão da pilotagem.

Com isso, preocupe-se com a progressão na dificuldade das trilhas, tome cuidado para não exagerar.

Se uma trilha é muito complexa, com muitas pedras e obstáculos difíceis, espere um pouco para encará-la. Primeiro ganhe experiência.

2- Equipamento de segurança é obrigatório!

Não caia no erro de fazer uma trilha sem capacete e demais equipamentos de segurança. As trilhas de MTB no geral, são feitas em locais cheios de riscos, como pedras e pedaços de pau. Com isso, mesmo pequenos acidentes, podem gerar problemas sérios.

Seja você um iniciante, seja você um avançado, equipamento de segurança sempre será fundamental.

3- O equipamento é fundamental

Há uma infinidade de modelos de bike e acessórios no mercado. É muito importante que seu equipamento esteja alinhado com o tipo de trilha que você vai pegar. Não aposte na sorte.

Se o seu equipamento é mais simples e não dispõe da segurança e eficiência que a trilha exige, procure outra, mais adaptada ao que você possui.

Isso vale para a bike em si, pneus, sistema de freio e demais itens de sua bike. Eles precisam estar muito bem alinhados com as suas necessidades.

4- Leve para a trilha, tudo o que pode precisar

Sua trilha pode acabar não sendo tão agradável, se um pneu furar e você não tiver o que precisa para trocá-lo. Da mesma maneira, se a água acabar, a trilha se tornará muito mais “sofrida”.

Alimentos, equipamentos de manutenção para a bike, água e tudo mais que você possa precisar, tem de estar em sua mochila.

Caso contrário, a trilha que deveria ser algo prazeroso, um lazer, acaba se tornando motivo de stress.

5- De preferência, não faça a trilha sozinho

Principalmente quando se é um iniciante, é preciso tomar cuidado com as primeiras trilhas. Vá sempre acompanhado (a) e de preferência, por alguém mais experiente, que possa te ajudar em alguma dificuldade.

No geral, as trilhas são locais de acesso mais difícil. Alguns problemas, mesmo pequenos, podem se tornar um desafio desagradável para quem não é experiente.

Por isso, procure sempre ter um ou mais companheiros em sua trilha de Mountain bike!

6- Busque informações sobre o trajeto

Com as facilidades da internet, temos milhares de possibilidades de conhecer o local onde a trilha irá acontecer. Não dê margem para o azar! Vá bem preparado para o que a trilha exige.

Por isso, busque conhecer a altimetria, distância, nível de exigência técnica para a trilha. Isso vai fazer com que você tenha mais conhecimento sobre o tipo de obstáculo vai encontrar.

Por exemplo, se você vai subir a trilha, converse com ciclistas que já fizeram isso. Analise a altimetria, se há incidência de vento ou o terreno “amarra” a bike. Desta forma, você terá uma noção mais geral dos desafios que vai encontrar.

7- Se possível, faça um plano de trilha

Um plano, onde você estabelece o ritmo médio e uma estimativa de tempo que você levará para fazer a trilha, é bastante importante.

Primeiramente, ele te ajudará a ter um parâmetro mais geral. Além disso, ele ainda vai te ajudar a controlar o ritmo e saber o que esperar da trilha.

Muitos iniciantes acabam tendo problemas em trilhas de MTB, por não controlar o ritmo de maneira adequada.

8- Devagar e sempre

Não estou falando do ritmo da trilha. Mas sim, da atividade física. Fazer trilhas de MTB é algo apaixonante. Mas se você exagerar, se machucar ou tiver uma experiência negativa, dificilmente irá voltar a praticar o esporte.

Por isso, vá com calma. Comece com trilhas mais tranquilas, admire a natureza em volta e vá progredindo aos poucos. Com isso, as chances de você se tornar mais ativo (a) são muito maiores.

Estas são as principais dicas que você, iniciante em trilhas de Mountain bike, deve seguir para que tenha uma prática esportiva prazerosa e muito mais eficiente. Bons treinos!

www.http://www.treinomestre.com.br/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta