Bom Jardim Notícias.com

Século 19: familiares faziam sessão de fotos com seus entes queridos falecidos [10 imagens incríveis]

Século 19: familiares faziam sessão de fotos com seus entes queridos falecidos [10 imagens incríveis]

Fotografar mortos para nós, hoje, pode parecer bizarro, por todo século 19 e parte do século 20, era um costume comum. Nessa época, quando alguém morria, era motivo de um funeral com grande produção. Alguns dignos de filmes hollywoodianos. As fotos tiradas após a morte, elas chamadas de fotos post-mortem.

As conhecidas fotografias post-mortem do século 19 são figurinhas fáceis nos buscares da internet. Algumas são disputadas por colecionadores em leilões. Nesta época, fotografar um ente querido antes de ser enterrado era uma regalia de pessoas com boas condições financeiras. Isso porque, a fotografia ainda era algo novo e não custava barato.

Além dos fotógrafos especializados em fotografias post-mortem, existiam também, as pessoas que preparavam o morto. Elas, juntamente com alguém da família, providenciavam penteado, maquiagem, roupas para o morto. Prestem atenção em algumas e verão que os mortos estão com olhos fechados, mas há uma pintura sobre as pálpebras simulando o olho aberto. A família também era arrumada para a foto, inclusive as crianças que eram obrigadas a posar ao lado dos falecidos.

No texto Conheça 6 costumes funerais bizarros do século 19, quando ficar de luto era moda, mostramos outros 5 costumes estranhos de funerais do século 19.

VEJA ALGUMAS FOTOGRAFIAS POST-MORTEM

fotos post-mortem, um costume bizarro do Século 19

menina está morta e segundo informações, essa senhora é sua avó materna.

fotos post-mortem, um costume bizarro do Século 19

Um casal segura o bebê morto. A expressão dos pais é nitidamente de desgosto e tristeza.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

Pai e mãe tiram foto ao lado de filha recém falecida. Para fazer o corpo ter aparência vívida, além da pintura de pálpebras, também se utilizava forte maquiagem. Percebam que a falecida aparenta estar com a face corada.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

A adolescente vestida de preto, em pé, está morta. É possível ver sinal de rigor mortis, que é uma mudança química nos músculos após a morte, causando aos membros do cadáver um endurecimento, tornando a região mais escura pela concentração de sangue.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

mulher ao meio, com olhar distante, está morta. Em algumas montagens, os falecidos eram colocados em pé ao lado de familiares, sentados com pernas cruzadas em sofás, lendo livros, abraçando um ente querido, ou outra pose que fosse normal para quem estivesse vivo.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

Duas irmãs, possivelmente gêmeas, sendo que a sentada à esquerda faleceu. A pintura das pálpebras foi realizada para da a impressão de que estava viva.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

O garoto está morto. Pode-se notar a apreensão da garotinha, a qual estava posando ao lado do irmão morto, e que estava abraçando seu ombro como se estivesse vivo.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

A menina em pé está morta. É possível observar uma base por trás dos pés da menina e um suporte que passa, com pinças da cintura ao pescoço. As amarras teriam fios duros correndo na parte de trás para mantê-los no lugar. As pupilas são pintadas sobre as pálpebras fechadas.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

O falecido está ao meio, seu nome era John O’Connor. O impressionante é que esta foto foi tirada dois anos após a sua morte. É possível que o corpo tenha sido conservado através de processo químico ou, dependendo do ambiente, até natural.

10 fotos post-mortem (após a morte), um costume bizarro do Século 19

Irmãs: a menina de olhos fechados está morta e sua irmã, aparentemente mais nova, parece bem triste.

HISTORIADIGITAL

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta