Bom Jardim Notícias.com

É um, é dois, é três! Passo a passo para ter Orgasmos Múltiplos

É um, é dois, é três! Passo a passo para ter Orgasmos Múltiplos

Se você já teve um orgasmo, sabe como é gostoso.

O pico do prazer, o clímax, a sensação de bem-estar e o relaxamento que vem depois. É uma experiência que dá vontade de repetir, não dá?

Imagine ter mais de um orgasmo na mesma relação ou durante a masturbação?

Quando os orgasmos acontecem em um intervalo pequeno de tempo entre um e outro, geralmente segundos ou minutos após o primeiro orgasmo, damos o nome de orgasmos múltiplos.

Com o conhecimento do próprio corpo e as técnicas certas é possível chegar lá com muito mais facilidade.

O corpo da mulher depois do primeiro orgasmo

O corpo da mulher após o orgasmo

Depois do primeiro orgasmo acontecem duas reações importantes no corpo da mulher:

1) O clitóris (que é o órgão de prazer feminino, saiba mais em AQUI) fica muito sensível à estimulação.

Isso quer dizer que toques diretos no clitóris logo após o primeiro orgasmo podem incomodar ao invés de excitar.

Portanto se o clitóris estiver sensível evite estimular já diretamente e novamente sobre ele.

2) Outro ponto importante é que o sangue que fluiu para a região do quadril, para a vagina e órgãos internos durante a excitação e o primeiro orgasmo demora a retornar ao normal.

Isso quer dizer que, a região como um todo, permanece sensível por um bom tempo (este processo do corpo voltar ao normal, para voltar a um estado de repouso, pode levar até uma hora para se completar).

Por isso, se a mulher ainda estiver excitada e ainda estiver com disposição para continuar as carícias é possível sim ser estimulada novamente.

Como a região permanece um bom tempo sensível, a excitação tende a acontecer mais rápido.

Mas sempre perceba se a mulher está com o clitóris muito sensível ou se já está permitindo o toque novamente, se estiver permitindo, é possível seguir.

Quando o primeiro orgasmo termina, cerca de metade das mulheres que tem orgasmos múltiplos preferem voltar aos toques e carícias do começo da relação.

Toques mais difusos, espalhados, que estimulem vários pontos da vulva e da vagina como os grandes e pequenos lábios, por exemplo, são bem-vindos.

Mantenha o pique

A grande maioria das mulheres precisa treinar bastante.

Se você não conseguir na primeira vez, continue praticando. É repetindo que o corpo aprende.

Como qualquer outra habilidade física como dançar, jogar bola, beijar bem… é preciso praticar. Com o orgasmo funciona do mesmo jeito.

Em seguida, procure explorar algumas técnicas que levam ao próximo orgasmo:

Passo a passo para orgasmos múltiplos

Iniciando os orgasmos múltiplos

1) Toques longe do clitóris

Depois do primeiro orgasmo, como o clitóris fica muito sensível, tocar diretamente ou com muita força e pressão pode gerar dor.

Dê preferência para movimentos circulares ao redor do clitóris.

Outra técnica muito utilizada é esfregar levemente com movimentos para cima e para baixo desde a entrada da vagina, grandes e pequenos lábios, passando por cima do clitóris de modo leve e espalhando lubrificação da vagina na região.

Estes movimentos mantém a sensibilidade na medida certa. Você pode usar as mãos, boca, língua, pênis ou acessórios como um vibrador, por exemplo.Movimentos ao redor do clitóris

2) Abrace a vulva

Outra dica interessante é tampar toda a região da vulva com a palma da mão e pressionar bem levemente.

Pode utilizar também a boca, mas mantenha a pressão leve.

É como dar um grande abraço na região; esta técnica também ajuda a manter a excitação sem incomodar e prepara para o próximo passo.

3) Toques diretos e indiretos

Há mulheres que conseguem sentir prazer com toques diretos e rápidos na região do clitóris ou durante movimentos rápidos de penetração logo após o primeiro orgasmo.

Estes toques são feitos diretamente no clitóris. Você pode esfregar a região, dar leves batidinhas, lamber para cima e para baixo e ir aumentando a velocidade destes movimentos.

Lembre-se sempre que cada mulher é diferente nos gostos e na sensibilidade, então vá percebendo e checando com ela se o toque está prazeroso.

Para a mulher que está se descobrindo, experimente vários tipos de toques até encontrar o que mais gosta. Mantenha a carícia constante, sem variar muito até o próximo orgasmo chegar.

Carícias constantes no mesmo ritmo

Por outro lado, tem mulheres que conseguem ter o próximo orgasmo, mas o clitóris continua muito sensível ao toque.

Neste caso, fazer uma carícia em cima e direto no clitóris pode gerar dor ou desconforto. O melhor é ir aos poucos, experimentando tocar em volta do clitóris com movimentos circulares dos dedos ou da língua.

Dica:

Puxar os pequenos e grandes lábios e cobrir o clitóris com eles, como um sanduíche é uma boa dica.

Assim, as camadas de pele fazem uma proteção e o toque fica mais macio.

Às vezes não é possível fazer este movimento, porque cada vulva é diferente e há mulheres com mais pele ou menos pele na região.

Neste caso, retorne aos movimentos em torno ou próximo do clitóris e só avance para um toque mais direto quando perceber que a mulher está bem excitada.

Você pode pedir para ela te falar ou sinalizar o que deseja.

 4) Quantos orgasmos múltiplos você pode ter

Aqui, o céu é o limite.

Tudo vai depender da quantidade de tensão sexual, dos tipos de estímulos e carícias e até mesmo da disposição física depois do primeiro orgasmo.

Normalmente, se você tiver com algum desconforto físico depois do orgasmo como fome ou vontade de fazer xixi, atingir o segundo orgasmo fica mais difícil.

Mas se você ainda estiver no clima e na disposição você pode ter quantos você sentir vontade ou conseguir.

Você pode ter quantos orgasmos conseguir

A experiência de prazer só é válida enquanto você estiver gostando. Por isso não se preocupe muito com a quantidade: ás vezes ter um orgasmo pode ser tão bom quanto ter cinco.

Cada mulher é uma e cada experiência é diferente

Curiosidade sobre orgasmos múltiplos: Você sabia que o orgasmo pode ser gerado de várias formas? Há relatos de mulheres que atingiram o orgasmo pelo clitóris, com penetração, com toque anal, com toque nos seios e até em situações completamente diferentes como durante a malhação na academia e também durante o sono? Portanto, fique atenta. Tudo que gera tensão sexual: uma fantasia, um lugar, uma carícia, uma conversa com alguém especial gera também combustível para o orgasmo. E quanto mais combustível, mais chances de gastar com um, dois, ou mais orgasmos.

Curiosidade sobre orgasmos múltiplos

5) Produtos que facilitam o alcance de orgasmo múltiplo

Existem muitos produtos no mercado que prometem orgasmo múltiplos: desde cremes e géis até vibradores e massageadores. O mais importante não é o que você vai usar, mas como vai usar.

A regra para os produtos é mesma se você for utilizar a boca, os dedos ou o pênis. Para conhecer os melhores produtos que provocam orgasmo, leia este artigo AQUI.

6) Estimulando o clitóris e o ponto G junto para alcançar orgasmos múltiplos

O ponto G é um ponto de sensibilidade na parte interna na vagina, na parede de cima a cerca de 4 a 5 centímetros de distância da entrada da vagina.

Algumas mulheres relatam que sentem prazer e sensibilidade nesta região.

Estimular o ponto G com a penetração dos dedos, ou de acessórios como o vibrador, por exemplo, pode ser muito excitante e ajudar a manter a mulher aquecida depois do primeiro orgasmo.

É especialmente interessante para mulheres que tem facilidade em atingir o primeiro orgasmo com a penetração e pode ser uma alternativa para mulheres que ficam com o clitóris muito sensível depois do primeiro orgasmo.

Procure realizar a penetração enquanto mantém outras carícias nas coxas e na vulva.

Se estiver fazendo a penetração manual, pressione o ponto G com cuidado, por exemplo, pressione e solte, pressione e solte, pressione e solte e assim por diante.

Pressione o ponto g com cuidado

Você também pode realizar a pressão do ponto G e, ao mesmo tempo, realizar carícias mais diretas no clitóris ou mesmo estimular a região anal.

A presença de diversos estímulos em várias regiões do corpo leva a uma crescente tensão sexual e, em seguida, ao próximo orgasmo.

Lembre-se: Cada mulher tem uma preferência, por isso preste atenção à comunicação com sua parceira para ter certeza de que os toques estão excitantes.

Curiosidade sobre orgasmos múltiplos: Você sabia que o homem tem apenas uma via de nervos que leva as informações prazerosas do pênis para o cérebro? A mulher tem quatro! Além de receber informações do clitóris, estes feixes de nervos captam informações da vagina e dos órgãos internos como o útero, por exemplo, facilitando orgasmos múltiplos.

Conexões de prazer

7) Benefícios do orgasmo e dos orgasmos múltiplos

Na realidade, o grande benefício do prazer é o prazer mesmo. Já te explico.

Diferentemente dos homens, que precisam atingir o orgasmo para ejacular e procriar, o orgasmo da mulher não está ligado com a procriação.

Na verdade, o orgasmo feminino tem uma função muito mais sutil, mas também muito importante: proporcionar prazer e bem-estar às mulheres.

O grande benefício de ter tantas vias de nervos, tanta sensibilidade, um órgão como o clitóris inteirinho só para proporcionar prazer e orgasmos é exatamente o que parece: um grande bônus da natureza para as mulheres.

Benefícios para as mulheres

Portanto, o bem-estar pode vir na forma de relaxamento físico, alívio de tensão, aumento da autoestima e da apreciação pelo próprio corpo, conforto emocional, ligação e vínculo com o parceiro ou parceira e tudo o mais que se sentir inteira e em contato com seu corpo e seu prazer podem trazer.

Além disso, as contrações do orgasmo mantém a musculatura da região pélvica em atividade e em bom estado de tônus, ou seja, fortes e resistentes o que ajuda a prevenir incontinência urinária, manter os órgãos internos bem sustentados e, na menopausa mantém a estrutura da vagina mais resistente o que aumenta a lubrificação.

Se você for mulher, fica a dica:

Para ter um, dois ou mais orgasmos é preciso conhecer bem o seu corpo.

Tudo fica mais fácil se você começar sozinha, durante uma masturbação, experimentando as técnicas que mais funcionam para você e depois compartilhar a informação com seu(sua) parceiro(a).

Muitas vezes a pressão por agradar gera ansiedade e isto acaba atrapalhando a excitação e o prazer.

Lembre-se que toda mulher pode ter orgasmos múltiplos se o corpo estiver saudável, mas que tudo depende de auto-conhecimento, relaxamento e treino.

Experimente sem se cobrar e eu tenho certeza que toda a experiência será muito prazerosa.

http://sexosemduvida.com/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta