Bom Jardim Notícias.com

Chá de urucum para colesterol

Chá de urucum para colesterol

Na lista dos ingredientes naturais que podem ser usados na medicina alternativa, o chá de urucum aparece como um excelente aliado. Além de promover a perda de peso e tratar muitas doenças, ele serve também para baixar os níveis de colesterol.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 18 milhões de pessoas morrem todos os anos vítima de doenças cardiovasculares, causadas pelos altos índices do colesterol LDL, o colesterol ruim.

Essa realidade é decorrente da falta de cuidado com a alimentação, principalmente por parte de algumas pessoas. Além de recorrer a um nutricionista, o chá de urucum também ajuda a tratar o problema.

O urucum e o combate ao colesterol ruim

AS fibras contidas no urucum servem para controlar o colesterol

O urucum é incluído na alimentação como forma de corante culinário (Foto: depositphotos)

O que faz com que o urucum seja usado para controlar o colesterol são os tocotrienois. Eles limitam a capacidade do fígado produzir o colesterol LDL, também conhecido como sendo aquele mais nocivo à saúde.

As fibras, que também são encontradas em grande quantidade no ingrediente, também têm o papel de controlar o colesterol e em contrapartida o diabetes. Para isso, ele tem de ser utilizado na medida certa, variando de um organismo para o outro.

Urucum e dieta saudável

Segundo a Dra. Isabela Cabello Abouchedid, voluntária do Instituto Horas da Vida, apostar em uma dieta equilibrada aumenta a eficácia do chá de urucum, principalmente quando prescrito pelo médico.

“Para controlar os níveis de LDL e também do HDL, opte por uma dieta rica em gordura insaturadas e pobre em gorduras saturadas, ou seja, alimente-se com mais frutas e vegetais, peixe, frango ou carnes grelhadas ou assadas”, afirma.

Ela também indica outros alimentos que fazem o mesmo efeito. “Coma alimentos ricos em fibras, como aveia e pães integrais, limite a ingestão de gorduras saturadas, como ovos e fígado, utilize derivados do leite pobres em gordura como leite e iogurte desnatados e evite frituras”, completa.

No caso do chá do urucum, a forma certa de prepará-lo é através da utilização das folhas da planta. Mas antes de inclui-lo no seu dia a dia, procure orientação médica. Isso vai certificar o uso.

Propriedades e benefícios do urucum

O urucum é uma planta fácil de ser identificada, justamente por fazer parte das tradições brasileiras, sobretudo na culinária. Ela apresenta ramos em forma de vagens na cor laranja-avermelhada. Quanto às folhas, elas são grandes e de cor verde-claro.

A planta possui em sua composição carotenoides, cálcio, fósforo, ferro, aminoácidos, além das vitaminas dos complexos A, B e C. A semente e as folhas contêm propriedades diuréticas, antibacterianas e adstringentes.

Na composição do urucum ainda podem ser identificadas substâncias como cianidina, ácidos elágico e salicílico, saponinas e taninos, que são fitoquímicos que auxiliam na prevenção e tratamento de diversas doenças.

Antes de seguir com a lista de propriedades beneficias para a saúde humana, é bom destacar que a inclusão do urucum, ou de qualquer outra planta no seu dia a dia, deve ser supervisionada por um médico.

Esse cuidado acaba resguardando os pacientes do desenvolvimento de alergias ou qualquer outro problema que não siga dentro da normalidade. Quando o assunto se refere à saúde, cuidado e atenção nunca são demais.

Tratamento e cura a partir do urucum

As sementes são utilizadas para curar a icterícia e ajudar a tonificar, equilibrar, fortalecer e reduzir a inflamação no fígado. Outra vantagem da planta está ligada ao fortalecimento dos rins e ao extermínio de certos tipos de vermes.

O urucum também é bastante eficaz quando o assunto está relacionado ao sistema digestivo. Ele alivia a constipação, indigestão, azia e outros desconfortos estomacais causados pelo consumo de alimentos picantes.

“A planta é muito conhecida por ser estimulante do sistema digestivo. Até por isso ela é incluída na alimentação, na forma de corante alimentício”, acrescenta o biólogo e especialista em plantas, Daniel Forjan.

A planta também é utilizada como afrodisíaco, para combater febres, hepatite, malária, disenteria e picadas de cobra venenosaVeja também: Fique mais bonita com a ajuda de chás medicinais

Chá de folha de urucum

Ingredientes

  • 1 litro de água filtrada;
  • 10 folhas de urucum.

Modo de preparo

Para preparar o chá de urucum, você vai precisar do auxílio de uma panela que comporte a quantidade de água indicada na receita. Coloque a mesma para ferver, juntamente com as folhas de urucum. Deixe ferver por exatos 10 minutos.

Assim que passar o tempo indicado, desligue o fogo e deixe descansar um pouco ou até que fique mais frio. Use uma peneira para remover todas as folhas de urucum usadas no preparo da bebida.

A recomendação é de consumir o chá ao menos três vezes ao dia. Caso o problema exija que o uso do ingrediente seja na forma externa, o preparo deve ser o mesmo. Embora a aplicação tem de ser feita durante várias vezes ao dia.

Cuidados quanto ao uso do urucum

Como já foi dito anteriormente neste artigo, antes de incluir o chá de urucum no seu dia a dia, o médico deve ser consultado, principalmente porque algumas pessoas podem apresentar reações alérgicas.

Caso o paciente vá passar por alguma cirurgia, o chá de urucum deve ser evitado. A planta faz com que o nível de açúcar do sangue seja afetado.

Entre as mulheres grávidas, o chá de urucum deve ser prescrito por um médico. Esse mesmo profissional também vai precisar supervisionar a utilização para minimizar os riscos de qualquer que seja o problema.

https://www.chabeneficios.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.