Bom Jardim Notícias.com

Frio de -62°C faz até termômetro parar em vila russa

Frio de -62°C faz até termômetro parar em vila russa

A emperatura abaixo de -62°C fez um termômetro parar em Oymyakon na região siberiana de Yakutia, na Rússia. O equipamento foi instalado no ano passado com o objetivo de atrair a atenção de turistas, cujas fotos cobertas de neve seguem viralizando na web. Conforme relara o Correio Braziliense, na aldeia de 500 habitantes, cujo nome remete ao “lugar onde os peixes passam o inverno” ou “pedaço de água não congelado”, congelou não apenas o termômetro, mas parte da rotina dos seus moradores, já que até as aulas foram suspensas devido ao frio nas escolas locais.

É de Oymyakon o recorde da temperatura mais fria já registrada em uma área permanentemente habitada, tendo chegado a -68°C em 1933. De acordo com o jornal britânico The Independent, o recorde em área não-habitada foi registrado na Antártida, onde os dados dos satélites da Nasa revelaram -94,7°C em 2013.

O frio rigoroso não atrapalhou o turismo na pequena aldeia. Quem passa pelo local aproveita para tirar fotografias com a neve e compartilhar nas redes sociais. No Instagram de Oymyakon são comuns fotografias de turistas e moradores com neves até nos cílios, além de vídeos de visitantes chineses que chegaram a brincar sem roupas nas águas congelantes.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta