Bom Jardim Notícias.com

BBB 18: Conheça os participantes do reality

BBB 18: Conheça os participantes do reality

Big Brother Brasil 2018 estreia na Globo, dia 22. Confira abaixo quem são os confinados da edição deste ano:

Crédito: reprodução

A estudante de jornalismo e comissária de bordo catarinense Ana Paula acredita em deusas, tem altares de várias religiões, faz poções com seu círculo de bruxas, acredita que seu pai é um reptiliano (basicamente um extraterrestre) e leva astrologia muito a sério. “Já fiquei com todos os signos do zodíaco, tenho experiência com todo mundo”, disse ao Gshow, ao explicar por que não se envolve com pessoas do signo de Áries e Leão. “Eu prefiro uns signos mais tranquilos. Eu gosto da paz do Senhor”, completou ela, que tem preferência por taurinos, cancerianos e escorpianos.

 

Crédito: reprodução

O arquiteto goiano Breno é do tipo garanhão: “Minha cama é muito bem frequentada, graças a Deus”, falou ao Gshow. A mãe do jovem, inclusive, contou o seguinte ao site: “Depois que ele terminou um namoro de cinco anos, passei a chamar todas as meninas que vêm aqui em casa de Maria. É para não confundir, já que cada dia é uma diferente”. É sócio do escritório onde começou como estagiário e deixa claro que é competitivo. “Não gosto que duvidem de mim. Se duvidar, acabou! Posso morrer, mas eu faço. Não deixo ninguém crescer em cima de mim. Não provoco ninguém, mas se me chamar para uma briga, eu caio dentro”, deixa-nos avisado.

Crédito: reprodução

“Ogro do bem”. É assim que o publicitário paulista Caruso se define, referindo-se ao fato de ser alto, usar barba e ter o corpo repleto de tatuagens. “As pessoas me olham e têm medo de mim até me conhecerem e verem que sou do bem”, desabafou ao Gshow. Jogador de futebol americano e praticante de muay thai, considera-se divertido, vaidoso, família e conquistador. Revela que já se relacionou com uma cantora famosa e uma modelo, numa balada. “Gosto de morena, olho claro, cinturinha e bem feminina. Tem que ser decidida e que me coloque nos eixos”, descreveu seu tipo ideal.

Crédito: reprodução

Fã do universo geek, o escritor paraense Diego é fanático por videogames: “Jogo todos os dias”. Também faz o tipo família. “Ele tem perfil carismático e é tranquilo. Aceita as coisas com facilidade, não costuma reclamar”, destalhou a mãe do brother ao Gshow. Relaciona-se com Zakiee há sete anos, pretende casar-se e ter quatro filhos, dois biológicos e mais dois por adoção.

Crédito: reprodução

A estudante de psicologia acriana Gleice foi a primeira da sua família a chegar à faculdade. Mora na periferia de Rio Branco, com a mãe e o irmão mais velho, e dorme na sala, por não ter quarto. Parece meiga, mas diz ter o temperamento forte: “As pessoas falam que tenho um jeitinho meigo, mas, quando quero alguma coisa, vou atrás e luto muito”. A jovem, aliás, está decidida a ganhar. “Vou lutar com todas as minhas forças para ganhar o prêmio. Eu vou para ganhar”, afirmou ao Show.

Crédito: reprodução

A Miss da edição é a rondonense Jaqueline, mãe de Isabella, de quatro anos. Ela se diz geminiana típica, com muitas facetas: “Depende do lugar, do dia, da hora… Sou uma jovem cheia de sonhos, sou uma mãe babona e dedicada, mas também sou aquela baladeira lacradora que chama atenção de todo mundo”. “Por onde passo, eu causo. E eu vou causar muito lá dentro”, garantiu ao Gshow. A sister espalhou que já frequentou uma festa na casa de Neymar, em Santos. “Foi bem divertido. Tinha uma banda e eu pedi para cantar. Perturbei o Neymar até conseguir subir no palco”, relembrou.

Crédito: reprodução

A personal trainer catarinense Jéssica garante ser animação pura e falou ao Gshow que gosta de conversar e fazer amizade. Esse seu jeito, conta, já lhe rendeu problemas em relacionamentos passados, por ciúmes do parceiro. Seu casamento, inclusive, chegou ao fim por esse motivo. “A nossa rotina era muito boa, mas ele era ciumento. Eu gosto de chegar (em um lugar) e conversar. Não podia ter amizade com homem. Passei a não querer mais sair. Aí não era mais eu”, explicou a jovem, que está solteira.

Crédito: reprodução

Radicado em Curitiba, o sírio Kaysar é, sem dúvida, o perfil mais inesperado deste Big Brother Brasil. Natural de Alepo, na Síria, em 2011, ele teve de deixar a família, fugindo da guerra no país do Oriente Médio. Passou pela Ucrânia, mas teve que, novamente, ir embora: “Fugir não é fácil”. Então resolveu vir para o Brasil. Entre as frases em português que aprendeu e que deverá repetir na casa estão: “Amo o Brasil”; “Já estou no BBB18″; “Já ganhei”; “Um milhão e meio de reais na minha conta”; “Eu tenho fé”; “Esse ano vai ser o melhor ano do mundo”; “Falta pouco, pai, mãe e irmã. A gente vai se encontrar de novo, tenho fé!”. O principal objetivo de Kaysar é ganhar o prêmio e reencontrar a família: “Eles estão lá, debaixo das bombas, debaixo da guerra”.

 

Crédito: reprodução

O empresário cearense Lucas já trabalhou como modelo em vários lugares do mundo e não tolera preconceito. “Sofri preconceito do meu pai. A geração dele ainda é muito fechada. O modelo é taxado como gente que não tem pudor”, contou ao Gshow, sobre as dificuldades que enfrentou em casa por ter escolhido a profissão. É noivo da também modelo Ana Lúcia, que mandou recado: “Toma cuidado lá, viu?! Você sabe como eu sou ciumenta. Quem ama tem ciúme, mas eu conheço o caráter dele. Já vivemos à distância, ele estando na casa não muda muito do que a gente já passou. Mas enquanto eu estiver assistindo, se eu ver alguma coisa… Não perdoo, não!”.

Crédito: reprodução

O sexólogo Mahmoud é direto: disse ao Gshow que não fará tipo para agradar ninguém. “Não sou obrigado a ser gentil e romântico toda hora”, disse ele, que é filho de pais libaneses, mas nasceu em Manaus.Já morou no Líbano e é formado em psicologia.

Crédito: reprodução

A cientista política mineira Mara revelou que, apesar do que a profissão pode sugerir, ela não é séria todo o tempo. “Sou capaz de ser cientista política, mas também sou capaz de me divertir”. É ariana e revela que não passará despercebida: “Sou de Áries. E arianos não são pessoas que chegam lá e ficam quietinhos na piscina”, prometeu.

Crédito: reprodução

A jornalista paulista Nayara revelou ao Gshow que tem gênio forte e fala sem papas na língua: “Existem regras de convivência que, se eu achar que foram quebradas, eu vou falar”. “Não sou assim tão fácil de lidar”, avisou.

Crédito: reprodução

A funcionária pública cearense Patrícia prefere ser chamada pelo apelido Kika e tem autoestima alta: “Quem quiser ver celulite, vê. Quem não quiser, feche os olhos”. Está solteira e acredita que não consegue um namoro estável por falta de um homem que a aceita como ela é.

Crédito: reprodução

A empresária mineira Paula se define assim: “Eu sou um caos!”. Solteira há dois anos, ela conta que pretende se divertir com “ogros” enquanto o par ideal não chega.

Crédito: reprodução

O músico paulista Viegas sobrevive da arte há sete anos e vende CD na rua para complementar a renda. “Mesclo muito reggae e rap. O reggae tem uma identidade muito grande na minha vida. Mas o questionamento e a poesia do rap me chamam muita atenção, por ser mais séria, mais dura. São dois gêneros que sou apaixonado e o fio condutor está aí”, contou ao Gshow. Ele tem uma filha de cinco anos, chamada Marina, nome da mãe dele, e está namorando.

Crédito: reprodução

O artista visual paranaense Wagner tem 43 tatuagens e usa piercing. Admite-se galanteador: “Sempre fui muito mulherengo. Nunca fui de negar amor, não”, confessa. Diz-se pacato, mas não somente: “Serei um mocinho com nuances de vilão”.

http://blogs.ne10.uol.com.br/social1/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.