Bom Jardim Notícias.com

Cidade em Alagoas proíbe ‘Que tiro foi esse?’ durante o carnaval

Cidade em Alagoas proíbe ‘Que tiro foi esse?’ durante o carnaval

O hit “Que tiro foi esse“, da funkeira Jojo Todynho, foi proibido de tocar durante o carnaval da cidade Joaquim Gomes, na região Norte de Alagoas. Segundo a prefeitura, a medida foi tomada por motivos de segurança após a solicitação da Polícia Militar.

Foto: Reprodução Internet

O assunto foi discutido nesta semana por representantes da PM, prefeitura e blocos de rua. Em entrevista ao G1, o Capitão Queiroz, da 2ª CPM, explicou o motivo da proibição. “A música traz esse som de disparo de arma de fogo. O uso de armas de fogo é proibido pelo Estatuto do Desarmamento. Não se pode incentivar o uso de armas. A música também incentiva a violência contra a mulher. Todos os dias temos ocorrências com mulheres. A polícia tem a obrigação de proteger a população e evitar o incentivo à violência”, falou. A proibição foi confirmada pela prefeitura que disse ainda que a medida busca proteger a população.

E não foi só o hit da carioca que foi proibido em Joaquim Gomes. Músicas consideradas inapropriadas também não poderão ser tocadas durante os dias de folia no município. Na semana passada, o Ministério Público de Estado de Alagoas (MP-AL) expediu uma recomendação referente as proibições.

 “QUE TIRO FOI ESSE?”

A música foi lançada no final de 2017 e se tornou viral no Brasil e no mundo. Diversos memes foram criados após o sucesso do hit, que levou muita gente a cair na dança. Todos os dias novos vídeos são gravados ao som de ‘Que tiro foi esse?’. Nas imagens, as pessoas caem quando escutam  o tiro, mas levantam em seguida com a batida da música.

Em entrevista a Folha, a funkeira carioca de 20 anos explicou que o título da música surgiu de uma gíria LGBT e que ela não faz referência a violência.  “Um tiro é tipo ‘caraca, tá linda’ ou ‘Nossa, essa roupa tá um tiro’, no caso ‘tá abalando’”, disse.

 *Com informações do G1

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.