Bom Jardim Notícias.com

Soltar o intestino: por que é importante?

Soltar o intestino: por que é importante?
Por que tantas pessoas estão constantemente preocupadas em soltar o intestino? E por que o intestino preso é uma condição ligada ao envelhecimento? Estas são duas perguntas cruciais quanto o tema é a saúde do nosso sistema digestivo. Mas, antes de respondê-las, é necessário entender exatamente o que é esse sistema tão importante. Quando falamos em sistema digestivo, estamos nos referindo ao conjunto de órgãos relacionados à deglutição e ao processamento dos alimentos. Esse sistema tem seu início na boca, no esôfago e no estômago, descendo pelo que popularmente conhecemos por intestino, para encontrar seu fim no reto e no ânus. Ele é, basicamente, um tubo com mais de 9 metros de comprimento, que abriga um delicado ecossistema que pode mudar a qualquer momento, dependendo do que comemos ou bebemos

Funções do intestino

A principal função do intestino é a digestão e a absorção dos alimentos. Mas, para que isso ocorra de maneira efetiva, é preciso que nosso corpo mantenha o fluxo de alimentos ao longo do trato gastrointestinal. Ocorre que o intestino é responsável por muito mais do que apenas a digestão. Ele também tem papel importante em auxiliar o bom funcionamento do nosso sistema imunológico. Portanto, ao “soltar o intestino”, estamos não apenas mantendo esse fluxo essencial para o o seu funcionamento, como também estamos estimulando todos os outros fatores de saúde relacionados à correta digestão dos alimentos.
Esse auxílio se dá por meio da manutenção da chamada flora bacteriana – um conjunto de bactérias benéficas à nossa saúde que habita o nosso intestino. Essa flora, além de ser essencial no processo de digestão, também tem um papel importante no combate a bactérias nocivas e a doenças, evitando que elas possam se proliferar pelo organismo.

O papel das bactérias intestinais

Com os avanços no estudo da microbiologia, cientistas estão descobrindo o quão complexo é o nosso sistema digestivo e como as bactérias da flora bacteriana exercem um papel essencial na nossa saúde.
A diversidade de microorganismos que habitam o trato gastrointestinal dos humanos – coletividade conhecida como “microbiota” – tem sido revelada nos últimos anos. Os cientistas também têm demonstrado que a microbiota exerce um papel fundamental no combate a agentes patôgênicos e na manutenção do equilíbrio da homeostase(estabilidade necessária ao corpo para realizar suas funções metabólicas de maneira eficiente).

As funções da flora bacteriana

De acordo com os médicos, as bactérias que habitam o nosso intestino têm as funções de:
 Regular a digestão e o metabolismo
  • Extrair as vitaminas, os minerais e outros nutrientes dos alimentos
  • Programar o sistema imunológico
  • Construir e manter uma barreira protetiva no intestino contra a entrada de invasores nocivos
  • Bloquear micróbios danosos à saúde
  • Produzir enzimas antibióticas que combatem elementos patogênicos

Manter um nível ótimo de bactérias saudáveis na flora intestinal é fundamental para o correto funcionamento do intestino. Algumas pessoas recorrem a suplementos de enzimas digestivas e de probióticos para melhorar a saúde intestinal. Mas essa flora intestinal tem um equilíbrio delicado, e o estresse da vida cotidiana, aliada à ingestão de medicamentos, podem se transformar em agentes desestabilizadores da flora bacteriana. O envelhecimento também é um fator que pode trazer desequilíbrios à flora bacteriana. Assim, conforme envelhecemos, é essencial manter a saúde do intestino, o que pode ser conseguido com uma conjunção de alimentação saudável e de hábitos benéficos de vida.

http://www.maisoumais.com

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta