Bom Jardim Notícias.com

Pelo encravado na virilha, na barba, na axila.

Pelo encravado na virilha, na barba, na axila.

Pelo encravado, também conhecido como pseudofoliculite, é o resultado de um pelo que deveria ter crescido como os outros, mas, por alguma razão se curvou e penetrou novamente na pele. O resultado disso é dor, inflamação e até pus. Os pelos encravados podem ocorrer em diversas partes do corpo, sendo mais comuns na virilha, na barba e na axila. Sempre é bom saber o que fazer para retirar o pelo sem maiores danos e sem deixar cicatrizes.

O pelo encravado é uma condição que ocorre com mais frequência em pessoas negras. Os negros possuem pelos naturalmente mais enrolados e grossos e, por isso, eles teimam em penetrar na pele. Outro grupo que reclama bastante do pelo encravado são pessoas que fazem depilação com cera. Neste último caso, as mulheres sofrem com pelos teimosos na axila e na virilha. Já os homens, alegam que não há nada pior que um pelo encravado na barba.

PELO ENCRAVADO NA VIRILHA

Pelo encravado na parte íntima dói e pode causar manchas e escurecer a região. Isso porque quando há um pelo encravado ali e a mulherdepila, vai causando lesões na pele, levando ao escurecimento.

• O que fazer: a dermatologista Mayra Tosta Lima Clemente, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, disse ao site Vix, que se o pelo estiver visível, é possível puxa-lo com uma pinça esterilizada. Mas, se estiver muito no fundo, é melhor ir ao dermatologista para a retirada. Se o local estiver já formando pus, a orientação é usar compressa mornas com chá de camomila ou água morna ajudam a drenar o pus no caso de lesões semelhantes a furúnculos, que são inchadas, quentes e vermelhas.

PELO ENCRAVADO NA AXILA

Quando o pelo encravado acontece na axila, é, possivelmente o local mais dolorido para o pelo entrar na pele. Neste local, essa inflamação é causada no crescimento dos pelos após a depilação. As pessoas que usam lâmina para depilar costumam sofrer muito mais deste problema.

• O que fazer: Da mesma forma que na virilha, uma pinça esterilizada pode ajudar na retirada do pelo. Uma boa recomendação é fazer isso após um banho quente, pois os poros estarão abertos e a pele limpa facilitando a retirada do pelo. Se mesmo assim a retirada estiver difícil, antes do banho, faça uma esfoliação com açúcar cristal ou bicarbonato de sódio.  Caso tenha formado pus, faça a compressa quente, como sugerido pela dermatologista acima citada.

PELO ENCRAVADO NA BARBA

Muitos homens reclamam dessa condição, já que, a maioria deles usam lâminas para tirar a barba toda semana. Assim, a área do corpo mais afetada é a região da barba, incluindo o pescoço, transformando o raspar da lâmina de barbear em um martírio diário.

• O que fazer: O dermatologista Dr. Rodrigo Pirmez, da clínica Dr. André Braz, do Rio de Janeiro, disse ao site Homem No Espelho que muitos homens comentem um grande erro ao barbear. O problema é esticar a pele com a mão durante o barbear. Quando se solta a pele, o pelo barbeado fica mais curto e se recolhe para dentro. Ao tentar crescer, não consegue sair e encrava, segundo o especialista.

Assim, ele sugere também a retirada com a pinça, com muito cuidado. Caso a pseudofoliculite esteja purulenta, ele acha melhor ser retirada por um especialista. Isso porque, a região da barba é duramente agredida por depilação, pelo menos duas vezes por semana. Retirar um pelo inflamado e infeccionado da pele do rosto pode deixar cicatrizes.

Este texto é de caráter informativo e não substitui o diagnóstico e tratamento médico. 

Por – Karlla Patrícia – Bióloga

www.http://diariodebiologia.com

VIX / UMCOMO / HOMEMNOESPELHO

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.