Bom Jardim Notícias.com

Náutico tenta quebrar recorde de público na Arena

Náutico tenta quebrar recorde de público na Arena

Desde 1901, o dia 7 de abril é o mais importante do mês para o Náutico. Neste ano, porém, é a data seguinte ao aniversário de fundação do clube que pode trazer um sopro de progresso para os alvirrubros. Prestes a disputar o segundo jogo da final do Campeonato Pernambucano, contra o Central, a equipe luta não somente para acabar com o jejum de 14 anos sem títulos como também para superar o recorde de público da Arena de Pernambuco entre clubes. Com todos os 38.800 ingressos iniciais vendidos, contando com a possibilidade de adquirir mais bilhetes antes destinados aos caruaruenses, o Timbu busca ser campeão em campo e nas arquibancadas.

Um fato já está consumado: o Náutico baterá seu recorde próprio no estádio de São Lourenço da Mata. Até então, o jogo com mais torcedores tendo o clube como mandante foi em 2014, pelo Estadual, em um Clássico dos Clássicos contra o Sport. Na ocasião, 30.061 pessoas viram o Leão ganhar o confronto por 1×0. O rival, inclusive, detém o topo do ranking de público na Arena por ter levado 42.025 rubro-negros na derrota por 2×0 ante o Palmeiras, na Série A do ano passado. Entre seleções, o número foi superado no empate em 2×2 entre Brasil e Uruguai, em março de 2016, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 – 43.898 pagantes.

Até o momento, o Náutico tem uma média de público de 4.460 pagantes em 2018. O jogo com mais alvirrubros nesta temporada foi na semifinal do Pernambucano, na vitória por 3×2 diante do Salgueiro, com 18.474 torcedores. Essa foi apenas a segunda partida da equipe com mais de dez mil pessoas no estádio. O encontro perante o Afogados, na mesma competição, pelas quartas de final, contou com 16.101 pessoas. Nos demais confrontos, o público esteve abaixo dos cinco dígitos.

http://www.folhape.com.br/esportes

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.