Bom Jardim Notícias.com

Em ano de reeleição, Paulo Câmara tira R$ 1 milhão da segurança pública para colocar no FEM

Em ano de reeleição, Paulo Câmara tira R$ 1 milhão da segurança pública para colocar no FEM

Sem alarde, o governador Paulo Câmara assinou ato para reforçar o caixa do Fundo de Apoio aos Municípios – FEM em 2018.

Pelo decreto 46.036, o governador Paulo Câmara retirou R$ 1 milhão do orçamento da segurança pública do Estado para destinar ao orçamento do FEM. O ato já foi publicado no Diário Oficial e está em vigor.

O dinheiro está saindo do “Reaparelhamento Operacional das Unidades de Segurança”. Segundo fontes no Poder Executivo, sob reserva, era dinheiro para reformar delegacias e unidades da PM.

A retirada de recursos para reforma de unidades de polícia vem meses após a oposição denunciar que delegacias no interior estavam sucateadas.

“Quem vai para o Sertão verá delegacias mal aparelhadas e que sequer têm delegado”, disse o deputado Augusto César (PTB), em fevereiro.

“O prédio está completamente deteriorado, com teto desabando e equipamentos sucateados. O cidadão que for atendido na unidade pode levar um choque, porque a energia foi religada às pressas num espaço cheio de infiltrações”, relatou Álvaro Porto (PTB), em fevereiro, sobre a Delegacia de São José da Coroa Grande.

Geralmente, o FEM é usado pelos prefeitos para obras simples, sem repercussão econômica, como calçamento de ruas.

É um fundo criado pelo ex-governador Eduardo Campos, em 2013, para repassar dinheiro diretamente às prefeituras, sem burocracia.

Desde sua criação, em 2013, o FEM está envolto em polêmicas eleitorais.

Nas eleições de 2016, a oposição criticou várias vezes o uso do FEM para supostamente “cooptar” prefeitos.

“Criaram o FEM 1 e o FEM 2. E agora estão querendo criar o VEM, que é uma forma de trazer a qualquer custo e de premiar os infiéis”, ironizou Armando Monteiro Neto, em abril de 2014, quando era candidato a governador, pela primeira vez.

O reforço do FEM ocorre em momento de fechamento de alianças para a disputa de Paulo Câmara, que quer se reeleger em outubro.

Com a palavra à oposição na Assembleia.

Fonte – http://blogs.ne10.uol.com.br/jamildo/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.