Bom Jardim Notícias.com

Sport é goleado e acumula quarta derrota seguida

Sport é goleado e acumula quarta derrota seguida

O torcedor do Sport deve ter, em si, dois sentimentos dominantes. A decepção, óbvia em momentos de má fase, foi aumentada neste domingo (29), na goleada sofrida para o Flamengo, no Maracanã, pelo placar de 4×1. O segundo seria algo relacionado à saudade, após esta quarta derrota seguida. A última vitória do Leão, nesta Série A do Campeonato Brasileiro, aconteceu há quase dois meses. Foi no dia 6 de junho, contra o Atlético/PR (1×0). Estacionado com 19 pontos, os pernambucanos estão na 12ª colocação. Já os cariocas seguem líder, com 34 pontos. Na próxima rodada, o Sport enfrentará a Chapecoense, domingo (5), na Ilha do Retiro.

Logo na premissa, era complicado confiar em uma vitória do Sport diante do líder Flamengo. E o atual retrospecto das duas equipes responde muito às dúvidas daqueles que acreditavam em um triunfo pernambucano. Enquanto o Leão não vence há cinco rodadas, com quatro derrotas no período, os cariocas foram derrotados apenas uma vez, em casa, nesta Série A.

E, em campo, estas duas realidades puderam ser expostas. Foi possível, inclusive, ao final do primeiro tempo, perceber uma leve vantagem do Sport no quesito posse de bola, com 51%. Mas a lentidão do sistema ofensivo impedia a construção das jogadas. Apenas quatro finalizações foram protagonizadas. A única, em direção a Diego Alves, foi gol.

Àquela altura, o tento marcado pelo Sport deu esperanças. Afinal, era o empate, no último minuto do primeiro tempo, em um jogo onde o Flamengo comandava. Após abrir o placar, com Réver, que aproveitou uma cobrança de escanteio e venceu o goleiro Magrão, aos 14 minutos, os cariocas atacavam, mas deixavam espaço atrás. Não foram poucas as vezes que o trio ofensivo do Sport aparecia no mano a mano com a zaga adversária. O último passe, no entanto, segue sendo o problema. Seria, então, com o gol de Cláudio Winck, aos 44 minutos, a chance de o Leão voltar para o jogo? A resposta, após o intervalo, não foi nada agradável.

Em 20 minutos de segundo tempo, o placar já apontava uma goleada construída pelo Flamengo. Em sequência, três gols. O primeiro aos dois, com Lucas Paquetá; o segundo de Everton Ribeiro, aos cinco; e o terceiro de Uribe, aos 19, que contou até com uma falha do goleiro Magrão. Este último detalhe, inclusive, ilustra bem quão desastrosa foi a partida leonina. Ao contrário da etapa inicial, o Sportvoltou com a mesma deficiência ofensiva, mas pouco atento no setor defensivo. Diante de um Flamengo que aposta todas as fichas na velocidade e finalização, o resultado não poderia ser diferente. Até o fim do jogo, nada além de estancar a sangria poderia ser feito pelos pernambucanos, que se seguraram como puderam.

  Ficha do jogo

Flamengo 4
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego (Paolo Guerreiro); Everton Ribeiro (Geuvânio), Marlos (Jean Lucas) e Uribe. Técnico: Maurício Barbieri

Sport 1
Magrão; Raul Prata (Cláudio Winck), Ronaldo Alves, Léo Ortiz e Sander; Deivid (Ferreira), Fellipe Bastos, Gabriel, Marlone e Michel Bastos (Carlos Henrique); Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira

Local: Maracanã (no Rio de Janeiro).
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP).
Gols: Réver (aos 14 do 1ºT); Cláudio Winck (aos 44 do 1ºT); Lucas Paquetá (aos 2 do 2ºT); Everton Ribeiro (aos 5 do 2ºT); Uribe (aos 19 do 2ºT)
Cartões amarelos: Léo Duarte (Flamengo); Raul Prata (Sport)
Público: 58.817
Renda: R$ 1.506.319,60

Fonte – https://www.folhape.com.br/esportes

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.