Bom Jardim Notícias.com

O BATISMO DE BOM JARDIM

Dodó Félix

“…  Diariamente,  ao nascer  do
sol,  o velho cura orava  e   se
extasiava  com a   beleza    do
sítio  que  sua  vista  dominava.
Era  um  jardim  majestoso que
até árvores de ouro ostentava,
tal a  impressão  que davam as
flores   amarelas   dos     paus-
d’arco,  banhadas  pelos  raios
de sol…”
(In  Coleção  de   Monografias,
nº  496,   Bom Jardim    –    PE,
Fundação   IBGE,   junho/l97l.)

Flor nos paus-d’arco. Está perto o Natal.
A natureza, de ouro está vestida.
O deslumbrante jardim natural,
o velho cura a passear convida…

Depois da prece na sagrada ermida,
um dia sai, num giro habitual,
e logo exclama, de alma embevecida:
“Oh sítio lindo, não existe igual!”

A passarada e as cigarras em festa.

Mil borboletas, o rio, a floresta
onde o pau-d’arco exibe a copa loura.

O cura, simplesmente, para, enfim…

E diz então a frase imorredoura:
“Que bom jardim! Sim, isto é um BOM JARDIM!”

Cumaru, 5/8/7l

 

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Laquisha
    27 de julho de 2011 às 06:15 Responder & darr;

    It’s like you’re on a msiison to save me time and money!

Deixe uma resposta