Bom Jardim Notícias.com

O “caldeirão político” começa a esquentar em Bom Jardim

O “caldeirão político” começa a esquentar em Bom Jardim

Joao Lira

Faltando mais de 14 meses para as  eleições municipais, o assunto político é predominante nas conversas em todos os lugares. E em Bom Jardim a coisa não poderia ser diferente. Festas, velórios, atos religiosos, oficiais e estudantis são ocasiões para que os candidatáveis se exponham ao público. E o “caldeirão político” começa a esquentar.

Na oposição, o ex-deputado Sebastião Rufino (PSB) já dá mostra de que mais uma vez tentará retomar o poder municipal no pleito de 2012. Pela votação obtida no ano passado, quando foi o candidato a deputado estadual mais votado neste município, com 7874 votos, Rufino será páreo duríssimo para o representante da situação. Mas não encontrará facilidade para unir todas as lideranças da oposição, pois o professor Edgar Santos, por exemplo, também disputará a parada pelo Psol.

Por sua vez, o atual prefeito João Lira (sem partido), apesar de constantemente provocado, não admite discutir candidaturas à sua sucessão neste ano, reconhecendo que dos pré-candidatos enfocados pela situação até o presente, qualquer um tem condições de disputar e vencer a eleição. São eles: vereadores Cobra e Vitor; o tesoureiro Miguel Barbosa; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais ,João Pretinho; e os secretários Celinho Borges, Elizângela Braz e Deoclécio Rosendo.

“Olha Dimas: não tem sentido definir candidato agora e deixar essa pessoa exposta durante vários meses. Temos muito trabalho ainda a realizar pela nossa comunidade e essa antecipação da agenda eleitoral só fará atrapalhar a nossa gestão. No momento oportuno faremos uma pesquisa e o candidato melhor avaliado pela população será a nossa bandeira de luta em outubro do próximo ano. Mas nada impede de que quem se achar candidato se mexer e conquistar o povo. Quem estiver preocupado porque fulano ou cicrano está aparecendo mais, que procure aparecer também. Quem vai indicar o nosso candidato é a maioria do nosso povo.” Disse João Lira, desmentindo os rumores de que já estaria com candidatura definida.

Quanto à sua nova opção partidária, o prefeito João Lira disse que está praticamente decidido a ingressar no Partido Progressista (PP), liderado no Estado pelo deputado federal Eduardo da Fonte, que obteve em Bom Jardim 8018 votos no ano passado. O grupo político liderado por João Lira conta com os vereadores Cobra (PP), Genário (PP), Pedro da Pindoba (PP), Vitor (PPS), Valéria Lira (PPS), Bigode (PPS) e Margarida do Sindicato (PDT).  Os edis Vitor,Valéria e Bigode poderão enfrentar problemas com o PPS, caso resolvam mudar de sigla partidária. É notório que o PPS praticamente expulsou o prefeito João Lira do seu quadro partidário, porque não votou em seus candidatos em 2010. A níveis estadual e federal, esta agremiação é oposição ao Governo.

Blog Dimas Santos

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Kelly
    28 de julho de 2011 às 13:08 Responder & darr;

    É de fazer rir…
    Tá chegando a hora do Sr. João Lira chorar de casa em casa e suplicar por votos. ATENÇÃO GENTE! CUIDADO!
    Professor Edgar o seu partido combina com você, PSOL
    Realmente o SOL nasceu pra todos, mas são poucos o que brilham.
    A solução é RUFA, homem de caráter e ótimo administrador político.

  2. gomes
    28 de julho de 2011 às 13:54 Responder & darr;

    nunca se viu tanto despreso em bom jardim as estradas e de fazer medo andar de carro ou moto.,a chegada da cidade pelos dois acessos e de fazer vergonha,.;a rua ja nao se fala mais de tanta buraqueira .;,.;,.esta chegando a hora de mudar .,.;;;;;;;;;;2012 vem ai.,.,.

  3. josivaldo jose cristovam
    16 de setembro de 2011 às 23:01 Responder & darr;

    esses politicos de bom jardim devem estar fazendo treinamento em brasilia. sai prefeito entra prefeito e o povo enocente é quem paga as concequencia enquanto os politicos enrriquece misteriosamente.

Deixe uma resposta