Bom Jardim Notícias.com

Secretário de Lula Cabral diz que Betinho Gomes não tem credibilidade para criticar prefeito

Secretário de Lula Cabral diz que Betinho Gomes não tem credibilidade para criticar prefeito

O secretário de Governo e Orçamento Participativo do Cabo de Santo Agostinho, Luiz Pereira, comentou, nesta quarta-feira (10) as declarações do deputado estadual Betinho Gomes (PSDB), que criticou, na Assembleia Legislativa, o posicionamento do prefeito Lula Cabral em relação ao episódio da ida da fábrica da Fiat para Goiana. Para Luiz Pereira, o deputado não tem credibilidade para criticar o prefeito, pois o faz na condição de candidato à sucessão de Lula Cabral e dentro de uma perspectiva completamente oportunista e eleitoreira.

“O que é de causar estranheza é o comportamento do deputado Betinho, que nunca abriu a boca para reclamar quando o pai dele, o prefeito Elias Gomes (Jaboatão dos Guararapes) quis tirar o ICMS do Cabo e levar para Jaboatão, ou quando o mesmo Elias sugeriu que a Fiat não fosse mais para o Cabo e sim para o município dele. Betinho também precisa explicar porque não batalhou por uma escola técnica no Cabo, preferindo sugerir uma para Ipojuca. Isto é coisa de pré-campanha, mas até isso tem que feito com responsabilidade, o que não é o caso. A população do Cabo merece respeito e nessa hora não cabe discurso hipócrita e demagógico de quem o faz apenas por interesse eleitoreiro”, afirmou Pereira.

Para o secretário de Governo do Cabo, o prefeito Lula Cabral fez tudo o que estava ao seu alcance para levar Fiat para o Cabo, mas teve aceitar uma decisão que é da empresa. “O próprio governador se pronunciou nessa linha. O Cabo tudo fez, como sempre faz com todas as empresas que querem se instalar no município. Não deu certo, a vida segue, a cidade continua crescendo e vai continuar atraindo empreendimentos tão importantes quanto a Fiat”, assinalou o secretário.

“O que Betinho Gomes talvez queira seja ver o prefeito brigando com o governador, mas isso não ocorrerá. Eduardo Campos e Lula são aliados de primeira hora e continuaram sendo, para desespero daqueles que vivem se oferecendo para participar da base aliada do Governo do Estado”, completou Luiz Pereira.

Blog da Folha

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta