Bom Jardim Notícias.com

Por que você deve investir em treinos de mobilidade?

Por que você deve investir em treinos de mobilidade?

A corrida é benéfica em vários sentidos, mas continua sendo um esporte de alto impacto para as articulações. Por isso não adianta fugir de duas coisas: fortalecimento e treinos de mobilidade.

Fortalecimento ajuda a prevenir lesões, tirar o melhor dos músculos e preservar as articulações. E treinos de mobilidade? Se é tão natural correr, por que precisamos deles?

O que são treinos de mobilidade?

Agachamentos unilaterais, afundo e agachamento, tesouras laterais, skipping de calcanhares, exercícios pliométricos (polichinelos, saltos, pular corda, subir escadas etc), escadinha agility, são alguns exemplos de treinos que melhoram o movimento da corrida. “Quando falamos em movimento não podemos trabalhar em uma única direção ou plano, nosso corpo tem movimentos naturais e eles são multidirecionais também”, explica André Nader, treinador especializado em fisioterapia esportiva e em psicologia esportiva.

Por que preciso deles?

Primeiro porque eles ajudam na potência e na economia de corrida. Ao fazer treinos de mobilidade, aprendemos e executamos o movimento corretamente e usamos melhor os músculos – economizando energia e ganhando força nas passadas.

Mas, não é só para correr melhor que você precisa fazer os treinos de mobilidade. “A vida moderna está nos deixando mais tempo sentados e isso causa encurtamentos musculares, o que leva a desvios posturais e imobilidade de algumas articulações”, continua Nader.

Força para envelhecer melhor

“Envelhecemos e a tendência natural da vida é perdermos a força motora, a cognição, a coordenação. Por isso que é tão importante treinar o movimento e fortalecer os músculos. Fazer treinos de mobilidade é investir na própria evolução da corrida”, continua Gérson Leite, fisiologista do esporte da Care Club.

Para adicioná-los corretamente à sua rotina, procure um treinador especializado!

http://www.educacaofisica.com.br/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta