Bom Jardim Notícias.com

Santa empata e vê situação ficar mais difícil na Série B

Santa empata e vê situação ficar mais difícil na Série B

Um mês e seis dias. Este é o tempo que o Santa Cruz está sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B. Exatamente sete jogos. A última vitória foi contra o Goiás por 3×0, no Arruda. Em jogo fraco tecnicamente na tarde deste sábado (21), o tricolor ficou na igualdade com o Brasil de Pelotas, no Bento de Freitas, por 1×1 e se vê em situação complicada na briga para fugir do rebaixamento.

Com Grafite e Ricardo Bueno no comando de ataque e com Jeremias, garoto de 20 anos da base coral que fez seu primeiro jogo no profissional, com a responsabilidade de criar as jogadas, o Santa Cruz começou mal a partida e viu o Brasil de Pelotas criar a primeira boa chance logo aos cinco minutos. Em cobrança de escanteio de Elias, a bola passou por toda a área, até chegar em Evaldo que, embaixo do gol, mandou para fora.

A partir do lance, o time pernambucano equilibrou as ações, mas em jogo de muitos passes errados, eram poucas as chances de gol para os dois lados. Em uma das raras oportunidades, Ricardo Bueno puxou bom contra-ataque pelo lado direito para o tricolor e achou João Ananias na esquerda, aos 29. O volante que não atuava desde o duelo contra o Goiás dominou e bateu cruzado, abrindo o placar para o Santa.

Na segunda etapa, a equipe xavante voltou disposta a buscar o empate e chegou muitas vezes com perigo à meta defendida por Júlio César, principalmente com Marcinho. Veloz, o camisa 11 teve duas boas chances para empatar a partida. Na primeira mandou para fora e na outra, cara a cara, parou no goleiro coral.

O empate era questão de tempo. Só o time da casa jogava. Grafite deu lugar a André Luís, mas a alteração pouco surtiu efeito. Aos 26 minutos, em lance duvidoso, Juninho caiu na área, após disputa de bola com Yuri e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Marlon mandou no canto direito e deixou tudo igual.

Depois do gol sofrido, Martelotte sacou Jeremias e Ricardo Bueno do time, lançando Barbio e Pitbull ao campo de jogo. Com um novo trio ofensivo, o Santa Cruz chegou com perigo aos 41 em chute de Barbio, que obrigou Marcelo Pitol a fazer boa defesa no último lance de perigo do confronto.

Com o resultado, o tricolor vê as chances de escapar da Série C diminuírem. Faltando sete jogos, a equipe do Arruda está cinco pontos atrás do Figueirense, primeiro time fora da Z-4 e pode ver subir para sete, caso o Luverdense vença o Goiás.

O time do Mato Grosso do Sul que será o próximo adversário do Santa no campeonato. Para o confronto do próximo sábado (28), no Arruda, Martelotte não poderá contar com Derley, Yuri e Nininho. Eles tomaram o 3º amarelo contra o Brasil e são desfalques certos para o duelo.

Ficha do Jogo

Brasil de Pelotas 1

Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Evaldo e Marlon; João Afonso, Nem e Calyson (Rafinha); Elias (Misael), Lincom (Juninho) e Marcinho. Técnico: Clemer

Santa Cruz 1

Júlio César; Nininho, Guilherme Mattis, Anderson Salles e Yuri; Derley, Wellington Cézar, João Ananias e Jeremias (Barbio); Ricardo Bueno (Pitbull) e Grafite (André Luís). Técnico: Marcelo Martelotte

Local: Bento Freitas (Pelotas/RS)
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS). Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo e Daiane Caroline dos Santos (ambos do MS)
Gols: João Ananias (aos 29 do 1ºT), Marlon (aos 28 do 2ºT)
Cartões amarelos: João Afonso, Nem, Éder Sciola e Evaldo (BRP); Guilherme Mattis , Derley, Yuri e Nininho (STA)

http://www.folhape.com.br/esportes

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.