Bom Jardim Notícias.com

Crossfit durante a gravidez? É possível!

Crossfit durante a gravidez? É possível!

Crossfit durante a gravidez? É possível!

Quando praticado durante a gestação, o esporte traz diversas melhorias para a saúde da mãe e do bebê

Está mais do que comprovado que fazer exercícios físicos traz inúmeros benéficos para a saúde. Durante a gravidez não poderia ser diferente. As futuras mamães não precisam e nem devem vetar a atividade física. E isso vale para todas as modalidades, inclusive o crossfit, conhecido por ser um esporte de alta intensidade com altas cargas. Iniciar um treinamento pesado durante a gravidez pode não ser o mais indicado, mas o treino pode ser adaptado para quem está iniciando no esporte e as mulheres que já treinam não precisam interromper a prática. Qualquer atividade física pode ser alterada para se adequar a rotina de uma grávida.

Durante a gravidez o corpo da mulher sofre diversas alterações para gestar o tão esperado bebê. Hormônios, aumento do fluxo sanguíneo, pressão arterial e equilíbrio. Tudo isso pode ser trabalhado com a atividade física, pois ela melhora a resistência, a flexibilidade e fortalece os músculos sem o risco de lesões, complicações no desfecho da gestação e alterações do peso fetal no nascimento. “Para que as grávidas treinem sem nenhum problema, só é necessário fazer algumas alterações na sequência dos exercícios, como a diminuição do peso e do ritmo. Tudo deve ser feito respeitando o limite de cada um e com o acompanhamento de um profissional. Assim a gestante pode ter um treino eficiente”, explica Fernando Fontelles, sócio do Vikings Crossfit.

O apoio do médico responsável é essencial. Ele deve autorizar a gestante a praticar o esporte e também acompanhar a saúde do bebê e da mãe. No geral, exercícios físicos trazem diversos benefícios para a criança, além de ajudar a mãe na recuperação pós-parto, tornando-a mais rápida. “O controle do peso e a manutenção do condicionamento físico participam diretamente na redução dos riscos de hipertensão e diabetes gestacional. A prática de atividades contribui também para a manutenção emocional e da saúde mental”, finaliza Fontelles.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta