Bom Jardim Notícias.com

Use chá de açoita cavalo para problemas de má digestão

Use chá de açoita cavalo para problemas de má digestão

O passado da planta açoita cavaloé bem obscuro, pois no tronco dessa árvore animais de tração eram amarrados e castigados devido algum mal comportamento apresentado.

Porém, não é apenas por esta razão que a planta recebe este nome, isto porque as suas madeiras são utilizadas na produção de chicotes e açoites, por isso que também ficou conhecida com esta nomenclatura.

Resistente, a madeira também utilizada na fabricação de móveis, construções, calçados e outras finalidades.

Apesar do passado controverso, a planta ganhou uma outra atribuição, atualmente. Além da beleza de suas flores, que desabrocham em dezembro com tons roxo, rosa, branco e até amarelo, a erva também pode ser usada no tratamento de diversas doenças que afetam o organismo humano.

É na casca da árvore que estão dispostas as propriedades medicinais da açoita cavalo.

O nome científico da açoita cavalo é luehea speciosa

As propriedades medicinais dessa planta estão no casca (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Propriedades e benefícios da açoita cavalo

  • Antidiarreico;
  • Anti-inflamatório;
  • Antimicrobial;
  • Antipirético;
  • Adstringente.

Diante de todas as propriedades apresentadas, a planta açoita cavalo pode ser considerada um remédio natural para várias situações.

No trato digestório, por exemplo, a erva é utilizada no combate a diarreias, vermes e má digestão. Também pode ser aplicada no tratamento de sintomas da gripe, como garganta inflamada, tosses, bem como no controle de bronquites e laringites.

Além destas aplicações, a açoita cavalo pode ser usada para tratar reumatismo, dor de dente, úlceras e até mesmo tumores. Hemorragias e infecções na bexiga também não possuem vez quando o chá das cascas desta planta é utilizado.

Cuidados

É importante salientar que esta planta não substitui a consulta médica e pode ser, no máximo, um complemento no tratamento receitado por um médico especialista no caso apresentado.

Mesmo sendo um produto natural, também não é indicado que a planta seja utilizada de forma descontrolada, pois o organismo pode apresentar intoxicação ou algum tipo de alergia desencadeados pelas substâncias presentes na planta.

Além disso, é aconselhável que grávidas e mulheres que estejam em período de lactação não façam uso desse medicamento, tendo em vista que ele pode atrapalhar no desenvolvimento da criança ou alterar o sabor ou as propriedades do leite materno.

Crianças menores de 12 anos também devem evitar o consumo desta bebida.

https://www.chabeneficios.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.