Bom Jardim Notícias.com

Veja dicas para ter ossos mais fortes

Veja dicas para ter ossos mais fortes

steoporose: um problema comum que se resume em ossos frágeis e propícios a quebrar. Segundo a a Sociedade Portuguesa de Reumatologia, “as fraturas osteoporóticas afetam mais frequentemente as mulheres pós-menopáusicas e os idosos, e representam um grave problema de saúde pública devido à sua elevada prevalência, às consequências médicas que acarretam, à diminuição da qualidade de vida e aos custos econômicos e sociais que comportam”.

Mas, antes de qualquer medicamento, há simples medidas que evitam o aparecimento da doença – como exercício físico e alimentação equilibrada.

Teste a sua estabilidade

Diz um estudo sueco que adultos com mais de 55 anos que não tenham equilíbrio são mais propícios a ter osteoporose. Menor equilíbrio leva a maior probabilidade de cair e criar uma fratura óssea.

Para testar a sua estabilidade, fique apoiado em um só pé por 30 segundos. Se não conseguir este tempo todo, não tem equilíbrio. Outra forma de o testar é tentar andar numa linha imaginária com um pé à frente do outro, completamente apoiado no chão.

Opte por uma dieta equilibrada

Vegetais, fruta, peixe e grãos devem ser a base da alimentação de quem quer garantir uma boa densidade óssea. Os dois primeiros, garantem ainda o consumo de magnésio. Além disso, o site Consumer Reports alerta para a necessidade de se consumir cálcio diariamente, através de alimentos como leite ou laranja.

Mantenha uma rotina de exercício físico

Os medicamentos recomendados para combater a osteoporose podem trazer efeitos negativos como problemas de estômago. Opte, por isso, sempre por exercício físico em primeiro lugar.

O site aconselha a que se comece por levantamento de barras ou caminhadas de 30 minutos. Além de melhorar a densidade óssea, o treino ajuda a que ganhe músculo.

Entenda a sua medicação

Há, porém, casos, em que a medicação é mesmo aconselhada. Nestes casos, opte pelos que contenham bisfosfonatos, já que a sua atuação na superfície dos ossos retarda a erosão ao tornar mais eficazes as células responsáveis pela força dos ossos. Contudo, a eficácia dos medicamentos não é superior a cinco anos.

Não se foque muito em suplementos

Há estudos que provam que um adulto que tome suplementos não está menos propício a sofrer uma fratura óssea que quem não tome. Apostar numa alimentação equilibrada e rica em cálcio deve ser prioridade.

A par destes cuidados, procure acompanhamento médico, principalmente após a menopausa ou se nota ter muitas fraturas através de pequenos impactos.

https://www.noticiasaominuto.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.