Bom Jardim Notícias.com

Nem todos somos supridos de nossas necessidades e muitos menos extravagâncias. Mal conhecemos ou sabemos desses lugares de fome, onde amiséria assola todo um continente esquecido, pois não acompanhou o crescimento de boa parte do ocidente. Esse é um top 10 em que ninguem se alegra de elaborar, mas fica registrado o que o mundo tem de pior.

Para identificar os países mais pobres do mundo, foi analisado o Produto Nacional Bruto (PNB) do Banco Mundial, e classificados conforme os menores PNB per capita de 2016. O PNB é a soma da riqueza produzida em território nacional ou não. As empresas com filiais no exterior também são consideradas. Complementamos os dados com taxas de crescimento do PIB, taxas de pobreza e desemprego, expectativa de vida e alfabetização. Confira:

Top 10 países mais pobres do mundo

10°

Guiné

guine entre os paises mais pobres do mundo
Guiné é um pequeno país da África Ocidental, e possui uma população estimada em 12,4 milhões. Somente 1/3 dessa população é alfabetizada. O baixo investimento em educação propiciam que a economia fique dependente da agricultura obsoleta, lenta extração de minério de alumínio e ouro. São nesses locais que a maioria dos guineenses estão empregados. Em média, uma pessoa vive com US$ 490 por ano e tem uma expectativa de vida de 59,4 anos em Guiné.Além da pobreza e os problemas sociais trazidos pela falta de renda, Guiné se recupera do surto de ebola de 2015. E para piorar, o país tem sido refugio de centenas de milhares de refugiados provenientes dos países vizinhos Serra Leoa e Libéria. Isso pressiona a economia que não é capaz de suprir os próprio habitantes, piorando as taxas de desemprego e pobreza.

Moçambique

mocambique entre os paises mais pobres do mundo
A antiga colonia portuguesa permanece na lista dos países mais pobres do mundo. Com uma taxa de desemprego de 24%, em uma população de 28,8 milhões de pessoas, é de se esperar que renda piore. Em média, uma pessoa vive com US$ 480 por ano, segundo o PNB. Com isso, a expectativa de vida do moçambicano não ultrapassa os 57,6 anos. O Fórum Econômico Mundial apontou que o maior problema para investir em Moçambique é a corrupção e acesso ao financiamento. Os problemas econômicos são resultados de 16 anos de guerra civil sob forte tensão politica.
O futuro de Moçambique pode estar nas reservas de gás descobertas em 2011 no litoral do país.

Gâmbia

gambia entre os paises mais pobres do mundo
Após 22 anos do governo autoritário de Yahya Jammeh, Gambia elegeu em 2016 seu novo e terceiro presidente de sua história. Uma ótima oportunidade de colocar a economia nos eixos, depois de anos de conflitos econômicos e corrupção. Mesmo com uma pouca população (2 milhões) em comparação com os outros países dessa lista, as pessoas são extremamente pobres. Cada pessoa, vive em média, com US$ 440 por ano. Isso também reflete na educação, já que o país tem uma das maiores taxas de analfabetismo do mundo, e no trabalho, com 30% de desempregados.
A economia é dominada por duas industria, a de madeira (43%) e a de nozes (34%).

Republica Democrática do Congo

congo entre os paises mais pobres do mundo
Um dos países mais populosos da África também é um dos países com maior taxa de natalidade e taxa de afetados pelo HIV-AIDS no mundo. Com um PIB de US$ 35 bilhões, se posiciona entre as maiores economias da Africa, porém ajustando-se a sua alta população de quase 79 milhões, se torna um dos países mais pobres do mundo. Seu Produto Nacional Bruto anual é de US$ 420 por pessoa.
Além da agricultura, com 20% da produção econômica do país, eles exploram o rico solo com abundantes depósitos de urânio, cobalto,ouro e diamantes.
A ONU interviu com a Força de Paz diante das graves agitações politicas, conflitos civis e corrupção desenfreada. Fora os problemas sociais enfrentados por todos os habitantes. Esse contexto impede que o país saia da lista dos países mais pobres do mundo.

Madagascar

madagascar entre os paises mais pobres do mundo

Madagáscar é conhecido pela sua beleza selvagem única, mas deixa a desejar no quesito econômico. Seus habitantes vivem em média com apenas US$ 400 por ano segundo o PNB e US$ 404 segundo o PIB. A instabilidade politica não colabora para o crescimento, fruto do golpe de estado de 2009. Atualmente, 3/4 da população de Madagáscar vivem com menos de US$ 1,25 por dia, com uma população total de 24.9 milhões.

O país é uma das maiores ilhas do mundo e faz parte de um dos maiores arquipélagos do planeta, mas não consegue usufruir de todo potencial turístico da região. A maioria sobrevive da agricultura, industrias de metais e madeiras.

Niger

Niger entre os paises mais pobres do mundo
Com PNB de US$ 370 per capita, o Níger é um país em desenvolvimento com a maioria de suas terras dominadas pelo deserto do Saara. Apesar de ter um PIB de US$7,5 bilhões, o país é povoado com mais de 20 milhões de habitantes. O setor de petróleo e mineração é o grande pilar da economia.Devido ao baixo nível de educação (15% são alfabetizados), terreno desértico, pobreza de seu povo, infra-estrutura deficiente, saúde precárias e outros, torna Niger um dos países mais pobres do mundo.
Pela ONU, a nação é considerada um dos países menos desenvolvidos do mundo.

Libéria

liberia entre os paises mais pobres do mundo
A Libéria é um país muito pobre e tem um PNB per capita de apenas US$ 370. Atualmente a Libéria está se recuperando dos persistentes efeitos da guerra civil que durou 14 anos e interrupção econômicas relacionadas, com cerca de 85% de sua população vivendo abaixo da linha de pobreza. Em média, são 10 anos o tempo de estudo para as crianças, e por isso o setor de educação está em declínio pelas escolas e faculdades insuficientes, sem o fornecimento de professores qualificados também. Com expectativa de vida de apenas 62 anos, infra-estrutura inadequada, saúde e cuidados ineficientes e vários outros problemas torna a Libéria o 4° país mais pobre do mundo.

Republica Centro-Africana

centro africana entre os paises mais pobres do mundo
A República centro africana é um país sem acesso ao mar na África, e como muitos dos países mais pobres do mundo, tem a agricultura como subsistência. Indústrias de diamante e madeira contribuíram para as receitas de exportação, em certa medida (40% e 16% respectivamente). Uma pessoa, em média vive com menos de US$ 400 por ano (US$370 para ser exato).
Com baixas oportunidades econômicas e pouco rendimentos das existentes, a saúde é prejudicada, concedendo uma expectativa de vida de apenas 51,4 anos. Duas décadas a menos que a média mundial.
O país possui um PIB de US$1,8 bilhão e uma população de 4,6 milhões.

Malawi

Malawi entre os paises mais pobres do mundo
Devastado pelo vírus HIV-AIDS, Malawi possui mais de um milhão de crianças órfãs pela doença. É um pequeno país ao leste do continente africano, que foi prejudicado pela corrupção do governo. Sua economia depende consideravelmente da agricultura, apesar do clima árido e seco. Esse setor é constantemente prejudicado pela falta de chuva. Com uma população de 18,1 milhões e um PNB per capita de US$ 320, o governo obteve melhora significativa com o apoio financeiro do FMI e Banco Mundial. Os gastos com educação subiram para 20,4% do orçamento total.
Com um PIB de US$5,4 bilhões, a expectativa de vida é de apenas 62,5 anos.

Burundi

Burundi entre os paises mais pobres do mundo
O fato de uma pessoa de Burundi viver, em média, com apenas US$ 280 por ano, se deve principalmente por causa de guerras civis, acesso à educação, a alta taxa de corrupção, consequências do HIV / AIDS, falta de atividade econômica, desigualdade social e sua geografia litoral. Com uma quantidade considerável de emigração devido a pobreza e mais de uma década de guerra civil étnica, a nação ainda é densamente povoada, algo em torno de 10,5 milhões. 80% de sua população vive na pobreza. A expectativa de vida é de apenas 57,1 anos. De acordo com o Programa Mundial de Alimentos 56,8% de suas crianças menores de cinco anos sofrem de desnutrição crônica. Portanto, Burundi depende, principalmente, de ajuda externa.

Outros países que vale a pena citar:

Serra Leoa: US$ 490 pessoa/ano (média)
Togo: US$ 540 pessoa/ano
Afeganistão: US$ 580 pessoa/ano
Guiné-Bissau: US$ 620 pessoa/ano
Burkina Faso: US$ 640 pessoa/ano
Ethiopia: US$ 660 pessoa/ano
Uganda: US$ 660 pessoa/ano
Ruanda: US$ 700 pessoa/ano
Chade: US$ 720 pessoa/ano
Nepal: US$ 730 pessoa/ano

https://top10mais.org/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.