Bom Jardim Notícias.com

Sintomas que te permitem detectar a diabetes logo no início.

Sintomas que te permitem detectar a diabetes logo no início.

diabetes mellitus é uma doença causada pelo excesso de glicose no sangue, sendo dividida em dois tipos: de caráter genético, chamada de tipo 1, e a adquirida ao longo da vida, muitas vezes pelos maus hábitos de alimentação e sedentarismo, chamada de tipo 2.

Como grande parte das doenças, o corpo dá sinais de que algo não vai bem. Saber ficar atento a esses sintomas da diabetes é fundamental para buscar tratamento o mais cedo possível e, assim, manter a diabetes controlada.

Quais os Sintomas da Diabetes?

– Sintomas da Diabetes Tipo 1:

Um dos sintomas da diabetes tipo 1 é a necessidade de urinar várias vezes diariamente: caso sinta-se vontade de ir ao banheiro com mais frequência e sem nenhuma explicação aparente, pode ser um sinal de alteração nas taxas de açúcar. A sede e a fome constantes também são sintomas.

Outro sintoma da diabetes tipo 1 é o emagrecimento, inclusive em casos onde a pessoa sente muita fome, ou seja: a pessoa sente fome, come bem, mas emagrece, o que configura um sinal de alerta, assim como mudanças de humor, nervosismo, fadiga e fraqueza.

O estômago também é uma parte afetada no caso de diabetes: náuseas e vômitos, sem nenhuma explicação aparente, podem ser indicativos de que há um problema com as taxas de açúcar. Os sintomas característicos da diabetes tipo 1 aparecem de forma bastante rápida.

Veja quais são os sintomas da diabetes tipo 1

Deve-se ficar atento à cetoacidose diabética, uma complicação da diabetes tipo 1 que, em alguns casos, pode ser um primeiro sintoma, pela pessoa não saber que é diabética. Na cetoacidose as células não recebem energia, por causa da falta de insulina, e começam a queimar gordura. Porém, a energia obtida é insuficiente e gera muitos ácidos.

Os sintomas são hálito frutado, cetonas na urina, dificuldade respiratória, náuseas, vômitos, dor abdominal, e confusão mental. Deve-se tomar cuidado, pois a cetoacidose pode levar ao coma e à morte. Ao menor sinal, deve-se procurar um médico especialista em diabetes.

– Sintomas da Diabetes Tipo 2:

Já os sintomas da diabetes tipo 2, também chamada de diabetes adquirida, incluem a ocorrência de infecções constantes, como de pele, de rins e de bexiga (infecção urinária). Caso haja recorrência do quadro de infecção, vale a pena investigar se a causa não é a diabetes.

Nesse cenário, é comum ocorrer algumas doenças como candidíase, tanto no homem quanto na mulher, que é um tipo de infecção provocada pelo fungo Candida albicans que costuma ocorrer geralmente na língua, boca, vagina ou no pênis. Outra condição que pode ocorrer é a acantose nigricans, uma doença de pele relativamente rara que provoca manhas (pele escurecida), deixa a pele espessa e rugosa e costuma atingir o pescoço, as axilas e virilhas.

Manhas na pele podem indicar diabetes tipo 2

Outro sintoma da diabetes tipo 2 é o aparecimento de furúnculos e de feridas cuja cicatrização é demorada. Os olhos também merecem atenção: o embaçamento da visão, associado a outros fatores, constitui um sintoma tanto da diabetes tipo 2 bem como do tipo 1, também.

A ocorrência de formigamento nos pés pode ser um sinal de diabetes. Além disso, há também alguns sintomas comuns entre a diabetes mellitus tipo 1 e 2: a vontade de urinar toda hora, a fome constante e a sede (boca seca) frequente. A tontura também pode ocorrer em casos de hipoglicemia, níveis baixos de açúcar (glicose) no sangue, e também de hiperglicemia, níveis altos de açúcar no organismo.

Os sintomas da diabetes tipo 2 aparecem de modo gradativo. É importante deixar claro que um sintoma apenas não fecha um diagnóstico: é necessária a junção de mais sintomas para que se confirme a suspeita de diabetes e se comece uma investigação através de exames, como Glicemia em jejum, Hemoglobina glicada e Curva glicêmica.

– Sintomas da Diabetes Gestacional:

diabetes na gravidez é um tipo mais raro da doença, que ocorre durante a gestação. Os sinais e sintomas dessa condição são relativamente os mesmos do tipo 1 e 2, dentre eles:

  • sede excessiva (boca seca);
  • visão embaçada (turva);
  • infecções;
  • vontade de urinar frequente; e
  • aumento do peso corporal.

Como Reverter os Sintomas da Diabetes?

É fato que alimentação e diabetes estão interligados, porém a grande maioria dos diabéticos ainda não sabe como utilizar a alimentação da maneira correta para controlar o diabetes. Todavia, a chamada alimentação inteligente baseada em estudos com comprovação científica pode ajudar a estabilizar a doença e consequentemente o paciente diabético terá uma vida normal.

No vídeo abaixo, você pode saber mais sobre alimentos funcionais que ajudam a manter o controle glicêmico estável naturalmente:

http://fatordiabetes.com/

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. Ulisses veloso
    21 de março de 2018 às 00:20 Responder & darr;

    Ótima matéria. Parabéns!
    Sou nascido em Bom Jardim, fiquei feliz por ler esse artigo.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.