Bom Jardim Notícias.com

Como fazer chá de gengibre

Como fazer chá de gengibre

Você sabe como preparar um bomchá de gengibre? Repleto de benefícios para a saúde, o chá dessa raiz também é muito procurado por quem quer emagrecer.

Suas propriedades nutricionais e metabólicas são responsáveis por acelerar o processo deemagrecimento e a fortalecer o corpo.

Confira receita e aprenda como fazer chá de gengibre

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • 1 colher (de sopa) de gengibre ralado (ou 4 rodelas da raiz).

Modo de preparo

O preparo do chá de gengibre é muito fácil. Basta levar a água ao forno até ferver, em seguida adicione o gengibre, tampe a panela e desligue o fogo. Deixe descansar por 15 minutos, coe e beba em seguida. O ideal é consumi-lo morno e sem adição de açúcar.

Cuidado!  O consumo excessivo do chá de gengibre pode causar problemas de saúde, como o aumento da pressão arterial, além de desconfortos gástricos, e reações alérgicas.

Outras maneiras de consumir o gengibre

Saber como fazer esse chá e quanto consumir é importante, pois seu excesso pode gerar hipertensão

Esse chá é muito indicado para redução de medidas, por ter efeito termogênico (Foto: depositphotos)

O gengibre pode ser consumido in natura, através da mastigação e ingestão da raiz na forma natural. Contudo, sabor do gengibre é muito forte e a maioria das pessoas não consegue consumi-lo dessa forma. Por isso, existem várias formas alternativas (além do chá) de usufruir de seus benefícios.

Também se pode consumir o gengibre em pó, adicionando o mesmo nas refeições do dia a dia. É possível também preparar a água de gengibre, deixando de quatro a cinco rodelas da raiz imersas por um dia em um litro água pura.

Para quem não se adapta ao sabor do gengibre, mas quer incluir seus benefícios no organismo, pode-se ingerir também com limão. Esprema um limão em um copo e adicione uma colher (de chá) de gengibre em pó. Misture bem e beba.

Há também que prefere adicionar uma colher de gengibre em pó em vitaminasde frutas ou mesmo em sucos. Dessa forma o sabor é diluído (se tornando bem mais fraco). O único problema dessa maneira de consumo é que geralmente adicionamos açúcar nessas receitas. As propriedades do gengibre são enfraquecidas quando adoçadas.

Chá de gengibre: Propriedades benéficas para a saúde

Uma das características marcantes dessa raiz é seu sabor picante

O gengibre é um dos principais alimentos termogênicos (Foto: depositphotos)

O gengibre é uma raiz cheia de nutrientes e propriedades medicinais. É proveniente de países asiáticos, mas é comumente encontrado no Brasil, em mercados, lojas de produtos naturais e mesmo em feiras de verduras e frutas, em bancas de especiarias.

De acordo com o Dr. Rocha, em seu site, “o gengibre apresenta uma substância chamada gingerol, repleta de propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e antimicrobianas que promovem um bom funcionamento do organismo”, explica.

O gingerol também é responsável pela picância presente no sabor do gengibre. Devido ao seu sabor, é uma iguaria muito usada na culinária. E graças às suas substâncias, há centenas (ou até milhares) de anos é utilizada com objetivo medicinal.

O gengibre é um dos principais alimentos termogênicos, isto é, possibilita uma maior queima calórica por quem o ingere. Sendo assim um grande aliado de dietas saudáveis de emagrecimento e ajuda na manutenção do peso.

Possui vitamina B6 e uma grande variedade de minerais, como potássio, magnésio e cobre. Esses nutrientes são fundamentais para o bom funcionamento dos sistemas do corpo.

É usado para o controle da glicose. Tem grande potencial anti-inflamatório e analgésico, sendo assim excelente para tratar inflamações e dores de garganta. Previne o câncer e o Mal de Alzheimer, e ainda possui propriedades antibióticas.

É muito usado para alívio de tonturas e enjôos. Ajuda também na digestão, aumentando a salivação e facilitando a digestão de alimentos “pesados”. Abre o apetite e previne gases e flatulência, muito frequentes em mulheres gestantes, por exemplo.

Seu uso na culinária é muito abrangente e versátil, é usado tanto em receitas doces quanto em receitas salgadas. O óleo de gengibre é usado para massagens que aliviam dores musculares, nas costas e articulações.

Emagrecer tomando chá de gengibre

Por ser termogênico, o gengibre aumenta a queima calórica

A raiz aumenta a temperatura corporal, acelerando o metabolismo (Foto: depositphotos)

O chá de gengibre vem tomando lugar de destaque quando o assunto é perder peso e medidas. Isso acontece porque as propriedades presentes no gengibre auxiliam e aceleram o processo de emagrecimento. Devido a sua capacidade de melhorar a atividade metabólica, o gengibre possui sim essa capacidade.

É importante ressaltar que o gengibre não é milagroso. Não adianta usá-lo e continuar com hábitos alimentares errados e uma vida sedentária. Por si só, o gengibre não é capaz de causar o emagrecimento. Sua função é ser suporte para hábitos que realmente resultam no emagrecimento.

Explicando de forma simples como o gengibre ajuda a emagrecer, pode-se dizer que ele acelera o consumo de energia para a realização de várias atividades do corpo, como digerir alimentos, caminhar, movimentar e até mesmo a atividade mental.

Como já citado anteriormente, o gengibre é um alimento termogênico, que aumenta a queima calórica. Então seu uso causa o aumento do consumo de energia para cada atividade que o corpo faz. Sendo assim, o organismo acaba tendo que buscar energia na gordura, que é eliminada gradativamente.

Os compostos que causam termogênese possuem a capacidade de aumentar a temperatura corporal, o que resulta na aceleração do metabolismo e automaticamente potencializa a queima de gordura.

Numa proporção mais detalhada, estudos comprovam que o consumo do chá de gengibre pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Mas para que esse efeito seja percebido, é preciso ter uma dieta saudável, onde seja possível a queima de calorias maior do que o consumo das mesmas.

O chá de gengibre durante a gravidez

O chá de gengibre pode ser consumido normalmente por gestantes

Os enjoos, flatulências e mal-estar das grávidas podem ser controlados com esse chá (Foto: depositphotos)

Existem algumas dúvidas sobre o uso do chá de gengibre durante a gestação. Sendo uma raiz muito indicada para combater náuseas, tonturas, enjoo e gases, muitas gestantes querem consumir os benefícios da iguaria, mas tem medo de prejudicar a gravidez.

Para essas mulheres, é importante explicar: o gengibre faz bem durante a gestação. Apesar de aumentar o metabolismo, muitas mulheres preferem não praticar atividades físicas pesadas e cansativas durante a gravidez, preferindo opções mais leves, como caminhada, hidroginástica e aeróbica.

Nesses casos, o chá de gengibre pode ser consumido normalmente. Diminuindo assim quadros de enjoo e mal-estar que algumas gestantes sentem. No entanto, cada caso deve ser analisado de forma isolada, sendo recomendado consultar o médico especialista antes de fazer uso da raiz em chás e demais receitas.

Em caso de mulheres muito magras ou que praticam exercícios pesados durante a gravidez, como musculação e esportes como futebol, não é recomendado o uso do chá de gengibre pois pode causar o roubo de energia que deve ser direcionada para a manutenção e saúde do feto.

Fonte – https://www.remedio-caseiro.com/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.