Bom Jardim Notícias.com

Sport vira no fim e volta a vencer na Série A

Sport vira no fim e volta a vencer na Série A

Ufa. Essa foi expressão mais repetida na Ilha do Retiro, na noite desta sexta-feira (5). Após cinco partidas de jejum, o Sport reencontrou o caminho das vitórias e derrotou o Internacional por 2×1, aliviando um pouco da pressão que paira sobre o time rubro-negro. Os gols da virada do Leão foram marcados pelo zagueiro Adryelson e pelo atacante Mateus Gonçalves. Nico López havia aberto o placar para os colorados.

Apesar do trunfo, a equipe permanece na vice-lanterna com 27 pontos somados em 28 rodadas. A “missão permanência” ainda continua difícil. Com apenas 10 jogos restantes, os pernambucanos precisam vencer seis para escapar do rebaixamento.

Na próxima rodada, o Sport visitará o Atlético-PR apenas na próxima semana, domingo (14), em Curitiba. Para o duelo contra os paranaenses, o técnico Milton Mendes não contará com o volante Jair e o lateral Sander, que levaram o terceiro cartão amarelo e estão suspensos. O Internacional, por sua vez, receberá o vice-líder São Paulo, em jogo de seis pontos, já que os colorados são os terceiros colocados.

O JOGO

Durante a semana, o técnico Milton Mendes havia dito que adotaria uma postura reativa contra o perigoso Internacional. Quando a bola rolou, no entanto, o que se viu foi o oposto. Propondo o jogo desde o inicio, o Sport foi quem ditou o ritmo do primeiro tempo.

Magrão praticamente não trabalhou, visto que a primeira jogada de ataque dos colorados só aconteceu aos 15 minutos. O Leão, por outro lado, era mais incisivo, mas não conseguia traduzir a posse de bola em chances claras de gol. Com as principais jogadas acontecendo pelo lado direito, Raul Prata e Michel Bastos foram os que mais chamaram a responsabilidade. O gol, no entanto, não veio.

No retorno do intervalo, os gaúchos acordaram e o Sport precisou voltar à tática proposta por Milton antes do jogo. Esperando o Inter no seu campo defensivo, o Leão sofreu pressão. A entrada de D’Alessandro só deu mais qualidade ao setor de criação e o preço da inércia rubro-negra acabou chegando.

Tem estrela. Zagueiro Adryelson está invicto em 2018. Em sete partidas com a camisa do Sport, pela Série A2 e Copa do Brasil Sub-20, o prata da casa não perdeu nenhum jogo. – Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Aos 21 minutos, após saída de bola errada de Raul Prata, o camisa 10 argentino deu lindo passe para Nico López, que cara a cara com Magrão só teve o trabalho de deslocar o goleiro leonino, abrindo o marcador na Ilha do Retiro. Para quem esperava um Sport mais acuado após o gol – falha recorrente desde o início do Brasileirão -, viu um time brigador.

Jogador mais criticado durante o treino aberto promovido pelo clube na última quinta-feira, Matheus Gonçalves protagonizou o lance de mais perigo para os donos da casa. Em jogada pela linha de fundo, o atacante tentou surpreender o goleiro Marcelo Lomba e, ao invés de cruzar, arriscou o chute para o gol, obrigando o camisa 12 a espalmar com dificuldades para escanteio.

Na cobrança, Michel Bastos cruzou na cabeça do zagueiro Adryelson, escolhido minutos antes da partida para substituir Durval, que mandou para o fundo das redes. Sentindo o bom momento, a torcida passou a jogar junto com o time e empurrou a equipe. E honrando o velho ditado de que, quanto mais suado, preto e encarnado, a luta foi recompensada.

Aos 42 minutos, Fellipe Bastos impediu contra-ataque do Inter e a bola ficou com Michel Bastos. O camisa 8 arrancou na entrada da grande área e deu passe açucarado para Matheus Gonçalves, que fuzilou, para a explosão dos rubro-negros: 2×1.

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

FICHA DO JOGO

Sport: 2
Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Sander; Marcão (Fellipe Bastos), Jair, Marlone (Rafael Marques) e Gabriel (Matheus Peixoto); Michel Bastos e Mateus Gonçalves. Técnico: Milton Mendes.

Internacional: 1
Marcelo Lomba; Fabiano, Emerson Santos, Klaus e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick e Camilo (Charles); Nico López, Rossi (D’Alessandro); William Pottker (Jonathan Alves). Técnico: Odair Hellmann.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: André Luiz de Freitas Castro. Assistentes: Bruno Raphael Pires e Cristhian Passos Sorence, todos de Goiás.  Gols: Nico López, aos 21 min do 2ºT; Adryelson, aos 34 min do 2ºT e Matheus Gonçalves, aos 42 min do 2ºT. Cartões amarelos: Jair, Sander, Ronaldo Alves e Matheus Peixoto (S); Fabiano (I)

Fonte – https://blogs.ne10.uol.com.br/torcedor/2018/10/05/sport-vira-no-fim-e-volta-a-vencer-na-serie-a/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.